Fã mirim é recebido com honras de diretor na usina de Itaipu

Miguel Caron, de 11 anos, visitou a hidrelétrica e pôde até sentar na cadeira do diretor-geral brasileiro, Enio Verri.

Apoie! Siga-nos no Google News

Itaipu recebeu, na semana passada, a visita do menino Miguel Caron, de 11 anos. Nascido em 26 de abril (aniversário da assinatura do Tratado de Itaipu), Miguel é autista e tem a usina como paixão, dedicando seu tempo para pesquisar histórias e curiosidades da binacional e para construir uma miniatura da hidrelétrica.

Leia também:
Após um ano, recinto das harpias volta ao circuito turístico em Itaipu

Acompanhado pelos pais, Aroldo e Mariana, o menino teve honras de autoridade, sendo recepcionado no Centro Executivo pelo diretor-geral brasileiro, Enio Verri, para uma reunião oficial. Miguel também ganhou uma réplica de parte da usina feita por Paulo Alvarenga, empregado da oficina do Complexo Turístico Itaipu (CTI).

“Na reunião, os dois diretores, de Itaipu e da Itaiguel [a Itaipu criada por Miguel], fizeram o tradicional aperto de mãos, e Miguel explicou para Enio Verri o funcionamento da sua miniusina, além, é claro, dos planos de expansão”, descreve a Comunicação Social de Itaipu, em material distribuído à imprensa.

Miguel usou a cadeira do diretor-geral brasileiro durante a reunião. Foto: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional
Miguel usou a cadeira do diretor-geral brasileiro durante a reunião. Foto: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional
Miniatura personalizada dada de presente a Miguel, mostrando dois dos condutos forçados. Foto: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional
Miniatura personalizada dada de presente a Miguel, mostrando dois dos condutos forçados. Foto: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional

Segundo Aroldo, o passeio de que o filho mais gosta é o Itaipu Iluminada, durante o qual pôde celebrar o aniversário com uma festa especial montada pela equipe do CTI.

“Criamos um ambiente adaptado para que trouxesse conforto para ele e também diversão, entretenimento e novos conhecimentos. Para nós, foi extremamente significativo e rememora o motivo desse trabalho aqui no turismo, que é conectar a Itaipu com as pessoas no dia a dia”, disse o gerente-geral do CTI, Yuri Benites.

Miguel comemorou o aniversário no Mirante Central, em edição especial do passeio Itaipu Iluminada. Foto: Kiko Sierich/PTI
Miguel comemorou o aniversário no Mirante Central, em edição especial do passeio Itaipu Iluminada. Foto: Kiko Sierich/PTI

Maestro da Bola

Outra visita ilustre à usina de Itaipu, ocorrida na tarde de terça-feira (9), foi a do ex-jogador de futebol Ricardinho, campeão da Copa do Mundo de 2002 com a seleção brasileira. O ex-atleta apresentou ao diretor Verri o projeto social Maestro da Bola, que atende crianças de 7 a 14 anos em situação de vulnerabilidade social.

Desde 2018, por meio de um convênio, Itaipu é apoiadora da iniciativa, que atende aproximadamente mil crianças em 12 núcleos, sendo seis deles em Foz do Iguaçu e os demais na região, incluindo duas comunidades indígenas da etnia avá-guarani no município de Diamante D’Oeste.

Enio Verri e Ricardinho no Centro Executivo de Itaipu. Foto: Sara Cheida/Itaipu Binacional
Enio Verri e Ricardinho no Centro Executivo de Itaipu. Foto: Sara Cheida/Itaipu Binacional
LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.