Foz teve dois pousos e decolagens cancelados após incidente com avião em Congonhas

Aeronave de pequeno porte que saiu do Aeroporto Internacional Cataratas apresentou problemas ao pousar, após um pneu ter estourado.

Apoie! Siga-nos no Google News

Aeronave de pequeno porte que saiu do Aeroporto Internacional Cataratas apresentou problemas ao pousar, após um pneu ter estourado.

Dois voos que chegariam a Foz do Iguaçu na noite de ontem (9) foram cancelados em razão do incidente registrado no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que causou transtornos em boa parte da malha aérea do país. Os voos eram da companhia Latam e aterrissariam em Foz do Iguaçu às 19h40 e 23h55. Duas partidas programadas com os mesmos aviões foram canceladas.

Os cancelamentos ocorreram depois que a aeronave Learjet 75 de matrícula PP-MIX, da empresa mineira Supermix Concreto, que partiu de Foz do Iguaçu, derrapou na pista de Congonhas durante o pouso, após um dos pneus traseiros ter furado. O incidente ocorreu por volta das 13h30. O avião ficou bem próximo da Avenida Washington Luís, que margeia o terminal.

A aeronave foi retirada do local nove horas depois do ocorrido, contribuindo para um caos nas chegadas e partidas em vários aeroportos do país, incluindo São José dos Pinhais e Londrina, no Paraná. Pelo menos 300 voos de 15 estados foram afetados pela impossibilidade de operação plena em Congonhas. Alguns cancelamentos foram registrados até o início da tarde de hoje (10).

A aeronave levava dois tripulantes e três passageiros. Ninguém ficou ferido. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) vai investigar o caso. Em nota divulgada nesta segunda-feira, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) sugere restringir a operação de aeronaves de baixa performance na pista principal de Congonhas para agilizar a recomposição da malha aérea. Em 29 de setembro, a Abear havia recomendado a restrição definitiva da pista para esse tipo de aeronave.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.