Rodoviária de Foz recebe Certificação de Responsabilidade Sanitária

Denise Paro – H2FOZ com assessoria 

A Rodoviária Internacional de Foz do Iguaçu recebeu, na tarde desta terça-feira, a Certificação de Responsabilidade Sanitária e Selo de Ambiente Protegido. O certificado atesta a segurança dos serviços prestados no terminal em relação ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Em agosto, a rodoviária teve a melhor movimentação de passageiros, desde o início do isolamento social, com 8.808 embarques e 7.918 desembarques. 

A certificação leva em consideração a disponibilização de álcool em gel 70% em locais estratégicos; uso de equipamentos de proteção individual para colaboradores; aferição de temperatura dos passageiros no embarque e desembarque; tapetes sanitizantes em todas as portas de entrada; e assentos interditados e intercalados na área de espera para garantir o distanciamento social.

Concedido pela Secretaria Municipal de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Sebrae/PR e Conselho Municipal de Turismo (Comtur), o certificado confirma a segurança de serviços no terminal, conforme as orientações previstas no Decreto Municipal nº 28.337, de 22 de julho de 2020, de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Foto:Christian Rizzi

Movimento – O movimento na rodoviária caiu a partir de março deste ano. O terminal fechou no dia 23 de março e retomou as atividades em 24 de abril. 

O mês de agosto mostrou maior patamar de recuperação, mas se comparado com janeiro deste ano o número é cerca de seis vezes menor. Neste período da pandemia, não houve cancelamento de linhas, no entanto algumas empresas passaram a oferecer menos opções de horário. A Catarinense, por exemplo, tinha 12 horários da linha Foz-Cascavel e hoje oferece apenas 4. 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.