Se não é a água da piscina, marcada pelas gotas, não daria nem pra registrar o chuvisco desta manhã. Foto CDB

Chuvinha chegou de repente, em Foz. Mas só aqui e ali

Muita gente não deve nem ter visto. Mas a umidade relativa do ar já “sentiu” isto e melhorou muito.

Quinta-feira, 26, é o dia da chuvona, mas pancadinhas aqui e acolá, em Foz do Iguaçu, foram bem recebidas nesta terça-feira, 24.

Por coincidência, a reportagem da RPC em Foz do Iguaçu, ao vivo no Bom Dia Paraná, falava do tempo seco e da necessidade de tomar muita água exatamente no momento que, em algumas partes da cidade, chegava a chuva.

Claro, pouca coisa, insignificante. Mas vem em boa hora, com esta secura que nos assola.

Quem acertou na previsão pra esta terça foram os meteorologistas do Climatempo e do Tempo Agora.

Estas pancadas de chuva isoladas são mais difíceis de prever. É por isso que todos os serviços só são unânimes quanto à chuva de quinta-feira, 26.

Ela será resultado de uma frente fria já em ação no Rio Grande do Sul, que se desloca lentamente para o Paraná.

OSCILAÇÕES NAS PREVISÕES

Pra ver como mudança suave no tempo é quase imprevisível, o AccuWeather mudou seu prognóstico pra quarta-feira, 25: ao invés de “tempestade em algumas partes da região”, o portal divulga nesta terça que amanhã o dia será “parcialmente ensolarado”.

Mas – pouco ou quase nada – deve chover na quarta, na visão de meteorologistas do Inmet (“chuviscos à noite”), Tempo Agora (6 mm de precipitações) e Climatempo (“chove rápido durante o dia e à noite”).

O Simepar está junto com o AccuWeather: chuva só na quinta. Porém, na previsão divulgada hoje, o Simepar informa que o tempo chuvoso vai ter sequência no sábado e domingo, o que antes não antevia.

Veja como estava a previsão de segunda-feira, 24, na nossa matéria anterior sobre o tempo:

Até o sol e a lua estão diferentes, neste estranho inverno de Foz

MENOS POLUIÇÃO

O importante, pra saúde do iguaçuense, é que os chuviscos já desta terça melhoraram os índices de umidade relativa do ar (variam hoje entre 62% e 92%, de acordo com o Simepar, o que é muito saudável).

Se prosseguirem assim, os chuviscos vão contribuir para limpar o ar, poluído tanto pela poeira em suspensão como pela fumaça proveniente de queimadas no Paraguai, no Pantanal brasileiro e na Bolívia. É esta poluição que deixou os últimos dias acinzentados em Foz.

MASSA DE AR FRIO

Mas a expectativa de uma boa chuva vem lá dos pampas. A frente fria avança a partir desta quarta-feira, com instabilidade nos extremos Oeste e Sudoeste do Paraná (Foz incluída, portanto).

Meteorologistas do Simepar explicam que a frente fria provoca maior alteração no tempo a partir da madrugada de quinta-feira, aumentando o risco de temporais.

A massa fria traz também uma boa queda na temperatura. A previsão para esta quarta é de temperaturas elevadas, com máxima entre 33 e 38 graus (com exceção do Inmet, que prevê 29 graus).

No dia seguinte, quinta-feira, máxima não vai passar de 21 graus (unanimidade das previsões). E as mínimas podem chegar a 11 ou 12 graus. Friozinho, portanto, mas sem exagero.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ. OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 999 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ