Como será o tempo no fim de semana. E as previsões pra novembro

Não há unanimidade sobre nada. Mas parece, mesmo, que novembro será mais seco que outubro.

Os fatores e os sistemas utilizados para se prever o tempo mudam. E, com isso, previsões se frustram e outras podem ser alteradas diariamente ou a qualquer momento.

Na terça-feira, 26, o H2FOZ consultou quatro sites de meteorologia pra saber a previsão pra semana, em Foz do Iguaçu. Três deles erraram a previsão pra quinta-feira, 28: não choveu como disseram.

O que previam:

Sistema Faep: chuva na quinta (nada!), sábado e domingo (a conferir)

Simepar: chuva no sábado e domingo

Inmet: chuva na quinta (nada!) e na sexta-feira (a conferir até o final do dia)

Tempo Agora: chuva na quinta (nada!, na sexta e no sábado

A favor dos meteorologistas, vamos dizer que todos acertaram nas temperaturas. Esquentou, mas não aquele calor infernal que quase sempre temos em Foz.

ALTERAÇÕES

Já não valem as previsões feitas na terça-feira. Os sites de meteorologia fizeram mudanças.

Para o Simepar, agora chove só no domingo, 31, último dia de um outubro chuvoso.

O Inmet mudou o dia de chuva: só no domingo (e “chuva isolada”).

O Tempo Agora manteve a previsão de chuva pra esta sexta e sábado. E acrescentou chuva também pro domingo.

O Sistema Faep, que errou na previsão de chuva pra quinta-feira, agora prevê que chove nesta sexta. E mantém a chuva pra sábado e domingo.

Dia de chuva, em outubro. Mês foi generoso, mas exagerou nos temporais. Foto Patrícia Iunovich

OUTROS SERVIÇOS

Por via das dúvidas, pra tentar alcançar uma maioria que permita apontar uma tendência mais forte de chuva ou sol, vamos a mais três serviços:

Climatempo: nos três dias, de sexta a domingo, pancadas de chuva à tarde e à noite.

CPTEC/Inpe: sexta, sol. Há 60% de possibilidade de chuva no sábado, apenas. Domingo será seco.

AccuWeather: “tempestade em partes da região”, tanto nesta sexta como no sábado. Domingo de sol.

CONCLUSÃO

Impressiona a segurança com que os apresentadores de telejornais dão informações sobre o tempo, quase sempre baseados apenas em um serviço de meteorologia.

Aqui, são sete. E não chegamos absolutamente a nenhuma conclusão efetiva. Tentamos apenas chegar uma maioria de prognósticos para cada dia.

Por exemplo, chuva nesta sexta? Quatro serviços dizem que sim, mesmo que pouca coisa. E três dizem que não chove.

No sábado, há cinco que apostam em chuva e dois em tempo seco.

No domingo, são cinco, também, os que preveem chuva. Os outros dois, tempo firme.

PLACAR

Pra esta sexta, quatro sites preveem chuva; três, não. Vai apostar?

Se a gente for pela tendência da maioria, chove nos três dias. Mas como fica nesta sexta, com um 4 x 3? Aposta arriscada.

Os 5 x 2 pela chuva no sábado e no domingo já possibilitam uma chance maior de aposta Mas jogue pouco dinheiro nisto.

Se chover, é pouca coisa, para a maioria. E é isso, uma baixa tendência, que coloca dúvidas e divide os meteorologistas.

Somente o Tempo Agora vê chuvas mais expressivas: 4 mm hoje, 10 mm no sábado e 6 mm no domingo.

Pro Simepar, 1,2 mm no domingo.

O Sistema Faep arrisca com 1 mm hoje, 7 mm no sábado e 0,1 mm no domingo (quase nada).

O AccuWeather, por sua vez, diz que haverá 4,8 mm de precipitação hoje e 9,5 mm no sábado.

A conclusão é que, se chover nestes últimos dias de outubro, não será nada avassalador. Longe da chuvarada de alguns dias do mês. E é 100% certo que, se houver temporal, será aquele de algum barulho e pouca bagunça aqui embaixo.

TEMPERATURAS

Onde há unanimidade é nas temperaturas. Todos dizem que as máximas vão ficar acima dos 30 graus, neste final de semana.

E todos, também, que a mínima não desce abaixo de 18 graus.

Quase verão, portanto. O que é normal na primavera, estação de transição entre o período frio (e seco) e a temporada de calor. A primavera costuma ser mais chuvosa, o que se confirmou em outubro.

Mas, como a gente vem de quase dois anos de secura, não é um mês que vai resolver o problema desta herança.

NOVEMBRO MAIS SECO

Dia de temporal em outubro. Até hoje ainda há quem sofra os efeitos. Disso não precisamos. Foto Marcos Labanca

Os sites meteorológicos que fazem projeções mais longe no tempo indicam que novembro, pelo menos na primeira quinzena, será bem mais seco que outubro.

O Simepar, de 1º a 12 de novembro, só marca um dia de chuva.

O Tempo Agora aumenta para dois dias chuvosos.

Já a previsão do Sistema Faep é bem mais otimista: haverá chuva leve (pouquíssima coisa) ou moderada em 12 dos 15 primeiros dias de novembro.

O AccuWeather e o CPTEC/Inpe têm prazo mais curto da previsão estendida, até dia 9 de novembro.

Até lá, há chance moderada de chover (70%) em três dias, segundo o CPTEC/Inpe, e mais alta (90%) em dois dias.

O AccuWeather, por fim, diz que chove só em dois dos nove primeiros dias de novembro.

E FALTA MUITA ÁGUA

À parte o “otimismo” do Sistema Faep, novato aqui nas nossas previsões, dá pra se imaginar que o mês vai decepcionar aqueles que sabem o quanto ainda precisamos de chuva.

Que o digam as reservas de água para abastecimento humano: que o digam os reservatórios das hidrelétricas que o Paraná possui.

Isso significa que não se afasta muito o risco de racionalização do uso de água, pela Sanepar, em especial na região de Curitiba. E que nossa conta de luz vai continuar salgada sabe-se lá até quando…

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1160 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.