Inmet alerta pra perigo por “acumulado de chuva”. E até quando vai a chuvarada? Confira

A unanimidade dos cinco serviços de meteorologia que consultamos é: chove todos os dias até o final de semana. E a próxima semana já começa com chuva, que pode se estender por muito mais dias.

Quanta diferença em relação a setembro de 2020, pra ficar num só mês e num só exemplo. No dia 11 daquele mês, a gente noticiou:

Sem chuva a perder de vista, umidade do ar de deserto, poluição, onda de calor. Eis Foz do Iguaçu

Pois é. Agora, é o contrário. A gente torce pra uma trégua, que São Pedro dê uma fechadinha nas torneiras do céu. Não é por aquela história de “tem sol, reclama; chove, reclama”. É que há iguaçuenses com a casa alagada, há ruas intransitáveis, de tanta chuva e lama, há rios quase fora da “caixa”. Um pouco de sol faria um bem danado.

De crepúsculo a crepúsculo tem sido assim, nos últimos dias. Muita água! Foto Patrícia Iunovich

No entanto, o Inmet divulgou alerta laranja para o “acumulado de chuva”, com grau de severidade de “perigo”, com início à zero hora desta quinta-feira, 21, e término às 23h.

O alerta é porque a chuva que começou já de madrugada pode representar um volume entre 30 e 60 milímetros por hora ou entre 50 e 100 milímetros por dia, o que gera “risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios, em cidades com tais áreas de risco”. Pra Foz, ficamos com alagamentos e transbordamentos, que já está bom (ou ruim) demais.

No mapa do Inmet, as regiões em alerta: parte do Mato Grosso do Sul, de São Paulo, o Paraná inteiro e Santa Catarina idem, além do norte do Rio Grande do Sul.

O alerta do Inmet foi divulgado também pelo AccuWeather, que prevê chuvas e tempestades desde esta quinta até quinta-feira (28) da semana que vem.

CPTEC/Inpe: pra hoje, pancadas de chuva localizadas que poderão ser fortes e vir acompanhadas de trovoadas a qualquer hora do dia. E os dias de chuva prosseguem até quarta-feira (27) da semana que vem.

O Climatempo também avança com a chuva na semana que vem, mas só até segunda-feira. Em todos esses dias, sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de tempo nublado, com chuva a qualquer hora.

O Simepar vai além, muito além com os dias de chuva. Desde esta quinta até onde alcança a previsão estendida, dia 4 de fevereiro, teremos dias chuvosos. Sem pausa.

O Inmet, aquele do alerta, tem previsão estendida curta, até a próxima segunda-feira, 25. Nem é preciso dizer: até lá, chuva e mais chuva, desde pancadas leves até temporais da pesada.

A previsão mais chuvosa é do Simepar. Dias e dias se sucedem, sem alterações.

O que se pode fazer, se ainda há muita água pra cair? Praticamente nada. Tentar consertar o telhado, pra reduzir as goteiras, e barrar a entrada de água na casa com sacos de areia. Na verdade, pouco a fazer. E muito a torcer pra que o tempo mude.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.