Editora lança versão atualizada do livro de Aluízio Palmar

["O autor e o livro."]

H2FOZ

A Editora Alameda lança nesta sexta-feira, dia 26, em São Paulo, a edição atualizada do livro “Onde foi que vocês enterraram nossos mortos?”, do jornalista iguaçuense Aluízio Palmar.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Na obra, Palmar traz revelações sobre os últimos passos de seis guerrilheiros que estavam na Argentina e desapareceram ao ingressar no Brasil para promover ações armadas no Sul do país. 

O livro é o resultado de 26 anos de investigação jornalística e verdadeira obstinação em busca das circunstâncias das mortes e da localização da cova onde foram enterrados cinco brasileiros e um argentino, que insistiram em continuar a luta armada contra a ditadura militar, mesmo após a derrota das organizações guerrilheiras, em meados de 1974.

A julgar pelo que conta no livro “Onde foi que vocês enterraram nossos mortos?”, Aluízio Palmar não se isolou de algumas das mais arriscadas batalhas de seu tempo: a de uma geração que, cercada pela repressão da ditadura militar, optou pela guerrilha.

O fio condutor da narrativa é a busca a um grupo de desaparecidos políticos. Eles estavam exilados na Argentina e foram atraídos para uma armadilha na região Oeste do Paraná.

A história é simples e, na medida em que é contada  por um dos participantes ativos da resistência aos governos militares, traz ao leitor uma riqueza de detalhes, capaz de convencer também pela lógica e coerência de dados apresentados ao longo do livro.

A busca

Durante 20 anos, Palmar se dedicou a buscar pistas que o levassem a descobrir o paradeiro dos desaparecidos políticos. As pesquisas nos arquivos da ditadura, as memórias reveladas no decorrer de suas andanças e as contextualizações fazem do livro uma verdadeira e didática aula de história contemporânea.

É um relato extremamente cuidadoso – do ponto de vista literário, político e afetivo – de uma experiência muitíssima rica, de alguém que viveu intensamente o seu tempo e que conheceu, como poucos de nós, a realidade dessa parte de nosso continente durante o período das ditaduras militares.

 

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.