Foz do Iguaçu já supera 30 mil notificações de dengue

São 2,1 mil casos da doença transmitida pelo Aedes aegypti; veja como estão as ocorrências por região da cidade.

Apoie! Siga-nos no Google News

Boletim epidemiológico desta terça-feira, 11, mostra que Foz do Iguaçu totaliza 30.155 notificações e 2.172 casos de dengue, referentes ao período iniciado em agosto. Na semana passada, a prefeitura informou que eram 24 mil notificações e 1.663 confirmações.

LEIA TAMBÉM:
Editorial – Chico Brasileiro veste o jaleco da política em meio à epidemia de dengue em Foz do Iguaçu
Codefoz reforça cidadania contra a dengue e cobra medidas eficientes
Em plena epidemia de dengue, mato se espalha por Foz do Iguaçu
Foz do Iguaçu tem uma notificação ou caso de dengue para cada 10 moradores

São 7% das ocorrências de dengue com sinais de alarme (129) ou grave (17). As autoridades sanitárias municipais sustentam que, na atual epidemia, observa-se o recrudescimento da doença, com maior tempo de adoecimento e, quando é o caso, de hospitalização.

A incidência é maior entre as mulheres, com 1.221 (56%) registros da arbovirose que tem como vetor o mosquito Aedes aegypti. O número de casos entre homens soma 951, o que representa 44% das transmissões.

O informe demonstra que pessoas de 15 a 44 anos concentram 40% dos casos de dengue entre os iguaçuenses. A doença afeta bebês com menos de 1 ano (1%) e idosos com 60 anos ou mais (12%).

A cidade entrou no estágio considerado de epidemia de dengue no final de fevereiro deste ano; em março, foi declarada situação emergencial. Nesses dois meses morreram quatro das cinco vidas perdidas para a enfermidade no ano epidemiológico 2022–2023.

Nova epidemia de dengue (a anterior, também grave, foi no ano epidemiológico 2019–2020) abarrota unidades de saúde e o Hospital Municipal. Em apoio à prefeitura, o governo do Paraná anunciou a contratação de 50 leitos hospitalares da rede privada de saúde.

A prefeitura alterou seu fluxo de atendimento nos estabelecimentos sanitários e abriu mais vagas no Municipal. Realiza mutirões ambientais, com recolhimento de lixo nos bairros e vistorias nas casas, com o apoio de drones. Entregou 1.200 raquetes mata-mosquito à comunidade.

Dengue por região

Após inúmeras reclamações e pedidos de moradores por ações efetivas contra a dengue, a prefeitura realizou mutirão de recolhimento de lixo na área Sul da cidade, no Porto Meira, no final de fevereiro. Hoje, a região é a que concentra o maior número de casos, com 36% do total.

Dengue em Foz por local de residência:

Casos locais (autóctones)

Região Sul: 779 (36%);
Região Norte: 490 (23%);
Região Leste: 351 (16%);
Região Nordeste: 205 (9%);
Região Oeste: 180 (8%); e
Ignorados: 115 (5%).

Casos importados

Brasil: 36 (2%); e
Paraguai: 16 (1%).

*Fonte: Divisão de Vigilância Epidemiológica/Sinan Online. Dados preliminares até 11/4/2023.

LEIA TAMBÉM
4 Comentários
  1. […] Leia também:Foz do Iguaçu já supera 30 mil notificações de dengue […]

  2. Ney Diz

    Quero parabenizar pelo grande trabalho ,,,continue assim nos informar,,,fiquei assustado com a grande número de casos de dengue,,,,nem na África que estive , teve tantos casos assim…vamos fazer sempre nossas checagem de agua parada em nossos lares! Gratidao

  3. […] LEIA TAMBÉM:Vacina da gripe e da covid em Foz do Iguaçu tem baixa adesãoFoz do Iguaçu já supera 30 mil notificações de dengue […]

  4. […] Foz do Iguaçu já supera 30 mil notificações de dengue […]

Comentários estão fechados.