Fiscalização a vans na Ponte da Amizade tem R$ 350 mil em apreensões e um preso

Celulares, unidades de armazenamento, cigarros eletrônicos e iPads estavam entre as mercadorias retidas na abordagem na fronteira.

Apoie! Siga-nos no Google News


Fiscalização a vans na Ponte Internacional da Amizade, na fronteira com o Paraguai, resultou em R$ 350 mil em apreensões de mercadores e uma pessoa presa. As abordagens foram no último dia 6.

LEIA TAMBÉM: Foz do Iguaçu fica longe, no 863.º lugar, em Índice de Progresso Social

Os produtos estavam escondidos em fundos falsos. Foram vistorias de rotina da Receita Federal do Brasil (RFB), com apoio da Força Nacional. A ação teve início quando três vans tentavam atravessar para o lado brasileiro.

A primeira parou na pista sem ter ordem para isso dos servidores da Receita Federal, o que chamou atenção para as outras duas que estavam atrás. “Com o bloqueio do trânsito, os servidores abordaram a segunda van. O motorista tentou fugir, mas foi impedido pelos servidores após retirarem a chave do veículo”, informa a instituição.

A terceira van foi abordada. O motorista apresentou resistência inicial e acabou fugindo enquanto os servidores realizavam a fiscalização. “Ambas as vans apresentavam fundos falsos idênticos, com compartimentos ocultos no painel, assoalho e na porta”, reporta a RFB.

Após detalhada fiscalização das mercadorias apreendidas, foi constatado o transporte de celulares, unidades de armazenamento (SSDs), cigarros eletrônicos e iPads. Na abordagem, um homem foi preso em flagrante e encaminhado à Polícia Federal.

As mercadorias e veículos apreendidos foram levados para a Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu.

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.