GAECO em Foz do Iguaçu faz operação contra 2 grupos criminosos e prende 4 pessoas

Ordens da Justiça foram cumpridas em residências, hotel em que estavam hospedados dois alvos e na Cadeia Laudemir Neves

Apoie! Siga-nos no Google News


Agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) em Foz do Iguaçu foram às ruas para cumprir mandados em que alvos são acusados de integrar dois grupos criminosos distintos que atuam na cidade. A ação foi nessa quinta-feira, 16.

LEIA TAMBÉM: Caminhoneiro que saiu de Foz do Iguaçu é preso com 1,8 tonelada de maconha em carga de arroz

A operação foi denominada de Mútua Culpa, a qual teve as investigações iniciadas em janeiro, relatou o promotor Tiago Lisboa Mendonça. Foram efetuadas quatro prisões e cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em endereços vinculados aos grupos criminosos.

O GAECO atribuiu aos acusados crime de extorsão, mediante restrição de liberdade das vítimas, por um grupo criminoso que teve mercadorias roubadas pela outra organização. “Com as investigações, foi possível identificar os integrantes do grupo responsável pelo roubo, resultando na prisão dos investigados de ambos”, expõe o Ministério Público do Paraná (MPPR).

Os mandados foram cumpridos nas residências dos investigados, em um hotel da região (onde estavam hospedados dois alvos) e na Cadeia Pública Laudemir Neves (onde um dos alvos já estava detido). O objetivo foi recolher itens para ajudar na investigação, como:

  • aparelhos celulares e documentos;
  • armas de fogo; e
  • valores em espécie e objetos ilícitos.

Conforme o promotor, foram presas duas pessoas de cada grupo, arma e mercadorias do Paraguai. “Os crimes investigados são de duas organizações criminosas distintas”, reiterou Tiago Lisboa Mendonça, via MPPR.

Denúncias

O GAECO em Foz do Iguaçu recebe informações e denúncias pelo telefone (45) 3308-1344 e pelo e-mail gaeco.foz@mppr.mp.br.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.