Puerto Iguazú tenta controlar venda ilegal de gasolina

Autoridades reclamam que faltam denúncias formais contra quem faz venda ilegal de combustíveis. Foto Primera Edición

O combustível é escasso pra tanta procura. E o pior é que há quem lucre com venda em galões ou “picadinho”.

Durante esta semana, as polícias federal e local, em Puerto Iguazú, intensificaram os controles nas mediações dos postos de combustíveis, para detectar a circulação de veículos que transportam gasolina de forma irregular, noticia o portal Primera Edición.

Na quinta-feira, 3, foram apreendidos três carros que transportavam gasolina em galões. Um deles, de placas argentinas, carregava em galões cerca de 80 litros de gasolina, um perigo para quem está no veículo e pra quem trafega por perto.

A venda irregular é um dos problemas que agravam a falta de combustível em Puerto Iguazú, que não tem o suficiente para atender a demanda local e ainda intensa procura de brasileiros e paraguaios, atraídos pelo preço baixo.

Nos últimos dias, segundo o Primera Edición, cresceu a venda ilegal de gasolina nos bairros, o que gerou queixas dos vizinhos, que pedem mais fiscalização.

Com o controle mais rigoroso, segundo as autoridades, até o método para vender ilegalmente combustíveis está mudando. Primeiro, era levado somente em galões, para revenda em outros locais, inclusive no Brasil.

Agora, eles enchem o tanque do carro e vai vender a gasolina nos bairros de Puerto Iguazú, de acordo com as autoridades.

Quem for flagrado, tem o carro (ou moto) apreendido e colocado à disposição da Justiça, para as multas correspodentes à infração.

Embora haja cartazes e até grupos de WhatsApp que oferecem gasolina, a preço bem mais alto que nos postos, não há denúncias formais sobre esses casos.

O preço baixo dos combustíveis gera filas intermináveis nos quatro postos de abastecimento de Puerto Iguazú. E muitas queixas dos moradores, que às vezes têm que ir a cidades próximas para encher o tanque ou se submeter a uma longa espera na fila.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

-->