Fiscalização do CREF9/PR resulta em prisão pela PF de argentino foragido da Justiça

Uma ação do Conselho Regional de Educação Física – 9ª Região do Paraná foi fundamental para a prisão, pela Polícia Federal, de um argentino foragido da Justiça. Os agentes federais prenderam o estrangeiro nessa sexta-feira, 13, em Foz do Iguaçu.

A descoberta do foragido ocorreu após o CREF9/PR, com sede em Curitiba, receber uma denúncia de exercício ilegal da profissão. A entidade de classe acionou os seus agentes de orientação e fiscalização, os quais confirmaram que o estrangeiro atuava irregularmente como personal trainer.

Conforme o supervisor de Fiscalização do CREF9/PR, Carlos Carvalho, em seguida os órgãos de segurança foram acionados informalmente. Os policiais, então, fizeram contato com os colegas argentinos e descobriram tratar-se de um foragido. “Fato seguinte foi o pedido da inclusão na lista vermelha da Interpol”, diz.

Segundo comunicado da Polícia Federal, o homem foi condenado pela Justiça argentina por “coação agravada pelo uso de arma de fogo, transporte de arma de guerra em concurso real e desobediência judicial em concurso real”, em 26 de outubro de 2016.

Com o nome do argentino na lista de foragidos da Interpol, veio a expedição do mandado de prisão pelo STF. Os policiais federais deram cumprimento à ordem, levando o estrangeiro até a delegacia para a realização dos procedimentos legais e posterior extradição para a Argentina.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Alexandre Palmar - H2FOZ

Alexandre Palmar é jornalista em Foz do Iguaçu. E-mail: [email protected] Veja mais conteúdo do autor.

Alexandre Palmar - H2FOZ tem 128 posts e contando. Ver todos os posts de Alexandre Palmar - H2FOZ