Projeto Sopão vende canecas para ajudar a custear ações solidárias

Projeto existe há 17 anos, servindo alimentos à população em situação de rua - Foto: Divulgação

Iniciativa roda a cidade com uma Kombi distribuindo alimentos em ruas, praças e favelas; veja outras formas de ajudar.

A cada saída à noite, a Kombi do Projeto Sopão roda cerca de 80 quilômetros por praças, imóveis abandonados, vias públicas, terminal de ônibus e favelas, distribuindo alimentos gratuitamente à população vulnerável ou em situação de rua. Os voluntários mantêm outras ações, como a construção do barracão solidário na ocupação do Portal da Foz.

Para prosseguir com as ações, o projeto conta com o apoio da comunidade. Uma das formas encontradas pela equipe para angariar recursos é a venda de canecas personalizadas, ao custo de R$ 50 cada uma. Para encomendá-las, basta entrar em contato pelo WhatsApp (45) 99904-9733, que a entrega é feita sem custo.

O Sopão passa por praças, imóveis abandonados, vias públicas, terminal de ônibus e favelas de Foz do Iguaçu. Nesses locais são servidos, até duas vezes por semana, sopa, marmita, chá ou café com leite, pães e frutas, conforme os produtos que são arrecadados ou comprados com recursos do projeto.

Basta acionar a coordenação do projeto e encomendar as canecas personalizadas – Foto: Divulgação

A ação solidária iguaçuense, que existe há 17 anos, também oferece um banho móvel gratuito, em que as pessoas podem fazer a higiene pessoal com água quente. No inverno, também são distribuídos cobertores e capas de chuva a moradores de rua.

O projeto tem sede no Jardim Itália. Os voluntários preparam os alimentos durante o dia e vão para as ruas no começo da noite, em um trabalho que termina somente no início da madrugada. São cerca de 250 a 300 moradores em situação de rua atendidos nas ações, além de um aumento na demanda por conta da pandemia.

Nos semáforos

Outra forma de ajudar o Projeto Sopão é fazer a doação em dinheiro à equipe que fica nos semáforos de Foz do Iguaçu, vestida de personagens infantis e que recebe qualquer valor. Também há outras opções para colaborar, inclusive com a entrega de alimentos, bastando entrar em contato com a coordenação por meio do WhatsApp (45) 99904-9733.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1447 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.