Cataratas da Argentina receberam em janeiro 26.019 visitantes

As Cataratas do lado argentino fecharam fevereiro com 26.019 visitantes, número abaixo do esperado, mas positivo em relação ao “zero turístico” registrado nos últimos meses, segundo Leopoldo Lucas, presidente do Ente Municipal de Turismo de Puerto Iguazú (Iturem).

Lucas não tem dados sobre a ocupação hoteleira, já que “os dados têm sido variáveis”, mas disse que os alojamentos preferidos foram aqueles com contato mais direto com a natureza, como cabanas e lodges, que oferecem atividades recreativas ao ar livre.

Para o presidente do Iturem, “o primeiro mês de 2021 culmina com uma ansiada abertura que vem estabelecer o ponto de partida do que será a continuação do árduo trabalho e de espera que percorremos praticamente durante todo o ano de 2020”.

Um dos triunfos do destino, segundo Lucas, é que Iguazú foi o primeiro, como cidade, a receber o selo “Safe Travels” (viagem segura) do Conselho Mundial de Viagens e Turismo.

Em relação a janeiro de 2020, com fronteira aberta e voos funcionando regularmente, o número deste ano é muito baixo – 86% menor que os cerca de 188 mil visitantes registrados pelo Parque Nacional Iguazú.

No lado brasileiro, o Parque Nacional do Iguaçu encerrou janeiro com 75.138 turistas, uma queda de 69% na comparação com os 245.934 de janeiro de 2020.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.