Sanepar desmente boato sobre “surto de virose” em Foz do Iguaçu

Mensagens que circulam nas redes sociais e no WhatsApp atribuem o suposto problema a falhas no tratamento de água.

Apoie! Siga-nos no Google News

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) emitiu uma nota, na noite de sexta-feira (5), para desmentir boato que circula em grupos de WhatsApp e nas redes sociais, sobre a ocorrência de um “surto de virose” em Foz do Iguaçu.

Leia também:
Sanepar avisa sobre falta de água em Foz do Iguaçu no domingo (7)

As mensagens atribuem o problema – inexistente, segundo a Secretaria Municipal de Saúde – a falhas no tratamento de água na cidade, associando a manutenção programada para este domingo (7), para interligação de redes, a uma suposta ação emergencial.

Confira, abaixo, a nota da Sanepar:

A Sanepar e a Secretaria Municipal da Saúde de Foz do Iguaçu esclarecem que não procedem os boatos que circulam em redes sociais da cidade sobre surto de virose, atribuído por contaminação na água.

Não houve surto de virose registrado na Vigilância Epidemiológica, e não há contaminação na água tratada distribuída para a população.

A Vigilância em Saúde monitora, através do Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiagua), a fim de garantir à população o acesso à água em quantidade suficiente e qualidade compatível com o padrão de potabilidade, estabelecido na legislação vigente. O monitoramento não evidencia irregularidades na água fornecida pela Sanepar no município.

Isto é Fake news!

Compartilhar informações falsa é crime. A Sanepar tomará medidas legais devidas contra a disseminação de informações falsas por meio de sua equipe jurídica.

As postagens ainda atribuem que serviços programados pela Sanepar para o próximo domingo (7) serviriam para tratar a água. Outra grande mentira. A Sanepar programou sim serviços de interligações de rede em uma das estações de bombeamento de água. São trabalhos de melhorias operacionais rotineiros que têm a finalidade de garantir o abastecimento ininterrupto na cidade.

A Sanepar atesta e garante a qualidade do produto oferecido para a população. Todos os parâmetros requeridos pelos anexos 20 e 21 da Portaria de Consolidação 5, do Ministério da Saúde, que garantem a potabilidade da água, estão sendo atendidos. A água distribuída, portanto, é própria e pode ser consumida.

A Sanepar lembra, que é responsabilidade do morador ou proprietário do imóvel manter a caixa d’água limpa e vedada. Em caso de dúvidas sobre os serviços da Sanepar, os clientes devem entrar em contato diretamente com a Companhia, pelo telefone 0800 200 0115, pelo site www.sanepar.com.br ou por meio do aplicativo Sanepar Mobile.

LEIA TAMBÉM