Foz do Iguaçu celebra Dia do Povo Muçulmano nesta quarta (15)

Desde 2013, data faz parte do calendário do município; Terra das Cataratas abriga a segunda maior comunidade do Brasil.

Apoie! Siga-nos no Google News

Com um ato solene no plenário, a Câmara Municipal de Foz do Iguaçu está celebrando, na manhã desta quarta-feira (15), o Dia Municipal do Povo Muçulmano (12 de maio), que tem como base um projeto de lei datado do ano de 2013.

Leia também:
Mesquita de Foz do Iguaçu: da pedra fundamental à inauguração

À época, a proposição foi apresentada pela vereadora Anice Gazzaoui, integrante da comunidade de origem árabe da região de fronteira. Foz do Iguaçu abriga o segundo maior grupo de praticantes do islamismo no Brasil, atrás apenas de São Paulo.

“Temos aqui uma grande economia que é gerada em torno dessa comunidade. Foz do Iguaçu tem sido buscado como um destino turístico também de muçulmanos do Oriente Médio, porque sabem que aqui tem um pouco da cultura, um pouco da gastronomia e muito da religião”, afirma a parlamentar, citada pela assessoria da Câmara.

O ato no plenário do Legislativo inclui entrega de reconhecimento a empresas e empreendedores locais, além da realização de uma feira gastronômica com pratos típicos do Oriente Médio.

Um dos bairros com maior presença da comunidade islâmica na Terra das Cataratas é o Jardim Central. Na Rua Meca, fica um dos edifícios mais simbólicos dessa presença: a Mesquita Omar Ibn Al-Khatab, cuja construção foi iniciada na década de 1980.

Imigrantes de países como o Líbano e nações vizinhas formam a base da comunidade, que é estimada em até 30 mil indivíduos em Foz do Iguaçu e na paraguaia Ciudad del Este, incluindo filhos e netos já nascidos na região trinacional de fronteira.

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.