Foz seguirá restrições de decreto estadual, afirma prefeito

Vista aérea de Foz do Iguaçu – Foto: Marcos Labanca

Em entrevista, Chico Brasileiro antecipou medidas que deverão ser alteradas ou mantidas no novo decreto municipal, que sairá nesta quinta-feira.

A prefeitura vai acompanhar as restrições para a contenção da covid-19 anunciadas pelo Governo do Paraná. A decisão foi comunicada pelo prefeito Chico Brasileiro (PSD) em entrevista ao Jornal da Cultura, veiculado pela Rádio Cultura de Foz do Iguaçu, nesta quarta-feira, 26.

Conforme o prefeito, o novo decreto será publicado amanhã, quinta-feira, 27. Segundo ele, além de ajustar as normas locais às estaduais, serão feitas mudanças em algumas medidas para o funcionamento comercial adotadas nos dois últimos fins de semana no município.

“Nosso decreto vencia ontem [terça-feira, 25]. Foi necessário prorrogá-lo porque nós não sabíamos do conteúdo do decreto que o Governo do Estado apresentaria”, explicou. “Faremos uma reavaliação, e o novo decreto municipal passará a valer nesta sexta-feira”, completou.

O governo estadual editou uma nova normativa nessa terça-feira, 25. Entre as mudanças principais está a antecipação do horário do toque de recolher para as 20h. A norma também altera as regras de funcionamento do comércio e serviços no Paraná. Saiba o que diz o decreto.

Na entrevista, Chico Brasileiro antecipou algumas medidas que deverão ser instituídas, alteradas ou mantidas no novo decreto da prefeitura. Veja as principais:

Comércio no domingo

Nem todas as atividades comerciais consideradas pelo poder público como não essenciais serão fechadas no domingo, como ocorreu nos dois finais de semana passados. Essa definição sairá de uma reunião de avaliação do Comitê de Enfrentamento à Covid-19.

“Vamos ter um conjunto de medidas para o domingo, mas não iremos fechar 100% como nos outros dois finais de semana. Mas vários serviços ficarão fechados”, disse o gestor à Rádio Cultura. Chico Brasileiro informou que estão sendo estudados todos os segmentos.

“O que a gente quer evitar no domingo é principalmente setor que gere aglomeração que não possa ser controlada”, frisou. “Digamos, bares é muito difícil ter um controle. Mas estamos trabalhando para abrir restaurantes”, completou.

Horário dos mercados

O funcionamento será autorizado das 8h às 20h, conforme prevê o decreto do Governo do Paraná. No município, entretanto, deverá ser mantida a proibição de entrada a menores de 14 anos.

Filas em bares e restaurantes

De acordo com Chico Brasileiro, o decreto municipal manterá a proibição de filas de espera em bares e restaurantes. “Vamos manter. Alguns locais estão permitindo que as pessoas fiquem em pé, aglomeradas. Isso desrespeita todo o trabalho feito no sentido de evitar aglomerações”, ressaltou.

Turismo

O prefeito Chico Brasileiro informou que não haverá mudanças no novo decreto referentes ao segmento do turismo, que envolve hotéis e atrativos. “É um setor que não tem como parar e que não está sendo local de transmissão de doença, pois tem tido todos os cuidados em relação a aglomerações”, defendeu.

Igrejas

Espaços religiosos poderão funcionar com capacidade de público reduzida. “Vai ter limitação, mas as igrejas serão abertas. Estamos trabalhando com o Governo do Estado para definir qual será o limite”, expôs o prefeito.

Festas familiares e fiscalização com drones

Segundo Brasileiro, será intensificada a fiscalização a eventos familiares. Ele disse que deverá ser reduzida a permissão de pessoas em reuniões e festas domiciliares, de dez para seis participantes de uma mesma família.

Conforme o administrador, serão coibidas o que chamou de “festas clandestinas” em residências. Esse trabalho será intensificado com o uso de drones. “Vamos fazer uma articulação com o governo estadual, com Polícia Militar e Guarda Municipal para se ter um grande controle das festas em residências”, relatou.

“Esse é um grande problema. São festas com muitas pessoas que continuam se aglomerando de forma clandestina. Não é só na área rural que ocorrem festas clandestinas, mas em residências também”, apontou. “Com os drones, vamos monitorar e punir”, pontuou Chico Brasileiro.

Toque de recolher

Será antecipado o toque de recolher em Foz do Iguaçu, que passará a vigorar das 20h às 5h. “Vamos seguir o decreto do Governo do Estado, que começa a valer na sexta-feira e que antecipa o toque de recolher para as oito da noite”, confirmou o prefeito.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1448 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.