Nas avenidas da Vila A, começa instalação de semáforos “inteligentes”. Como funcionam?

Os quatro principais cruzamentos da Vila A, em Foz do Iguaçu, começaram a receber, nesta terça-feira (3), as intervenções necessárias para a instalação dos semáforos inteligentes. Esta é a primeira de uma série de soluções do Programa Vila A Inteligente que começa a ganhar visibilidade.

A iniciativa é promovida pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com a Itaipu Binacional e a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu.

A previsão é que nas próximas duas semanas os semáforos já estejam instalados nos cruzamentos da Avenida Paraná com Avenida Araucária; Avenida Silvio Américo Sasdelli com Avenida Paraná; Avenida Silvio Américo Sasdelli com Avenida Garibaldi; e Avenida Silvio Américo Sasdelli com Avenida Andradina.

Os equipamentos com Inteligência Artificial embarcada trarão melhorias para a mobilidade no bairro.

Eles serão capazes, por exemplo, de reconhecer a passagem de uma ambulância e dar maior celeridade ao atendimento das vítimas. Também serão instalados os semáforos para pedestres, diminuindo o risco de acidentes nos cruzamentos.

O gerente do Centro de Competência em Tecnologias Abertas e Internet das Coisas do PTI-BR, Willbur Rogers de Souza, explica que, durante o período de transição, a população vai se deparar com dois semáforos nesses locais. Isso porque será feita a sincronização dos equipamentos. Todo o processo está sendo feito em conjunto com o Foztrans.

Bairro inteligente

Em duas semanas, os semáforos deverão estar funcionando nas principais avenidas da Vila A. Foto Kiko Sierich

Os semáforos inteligentes integram a primeira fase do programa que vai transformar a Vila A no primeiro bairro público inteligente do Brasil.

Além deles, também serão implementadas, nesta primeira etapa, pontos de ônibus inteligentes, câmeras de monitoramento de placas e luminárias inteligentes com câmeras com reconhecimento facial. A previsão é que o lançamento desta fase ocorra ainda em 2020.

O diretor superintendente do Parque Tecnológico, general Eduardo Garrido, afirma que o início das obras civis para instalação dos semáforos representa um marco para o Programa Vila A Inteligente.

“Damos o pontapé para esse projeto que tem a intenção de transformar a vida dos iguaçuenses, tanto por meio das próprias tecnologias, como pela atração de novas empresas para esse ambiente de testes e validações que está sendo criado”, disse. “Isso vai gerar emprego, renda e maior qualidade de vida para nossos cidadãos”, ressalta Garrido.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.