Blog pelo Paraná: Batalha de outubro, Vou de bicicleta, Modal efetivo, É fake news, Sobrinho de Moro, Carta de Foz, MP do Agro, Prazo e Isenção

Batalha de outubro
As eleições municipais serão em outubro e os pré-candidatos de todo o país já correm atrás de informações e cursos. O ex-deputado Alex Canziani (PTB, por exemplo, será o principal painelista político do “Smart Election”, encontro no dia 10 de março em São Paulo. O evento contará também com palestrantes do universo eleitoral e Canziani, que nos últimos 30 anos teve oito mandatos consecutivos, vai falar dos “5 Passos Poderosos para Vencer uma Eleição”.

Temas
Outros temas serão trabalhados como financiamento de campanha, ferramentas eficientes e baratas para pesquisas e monitoramento de redes sociais; combate à fake news, aspectos jurídicos de campanha e a construção de autoridade nas redes sociais. Organizado pelo ProElection Mentoria, instituto de pesquisa “Opinião Política” e canal online “Você Candidato”, o Smart Election promete ser o mais inspirador e impactante evento sobre marketing político do Brasil. Mais informações e inscrições pelo site www.smartelection.com.br.

Vou de bicicleta
O governador Ratinho Junior sancionou o projeto de lei do deputado Paulo Litro (PSDB) que aprimora a Política de Mobilidade Sustentável e Incentivo ao Uso de Bicicleta. As alterações preveem a implementação de infraestrutura cicloviária em novas obras do estado do Paraná. “As alterações e revisões que apresentamos buscam oferecer mais segurança e fortalecer a utilização da bicicleta como modal de transporte e ferramenta de turismo, além de incentivar a prática de atividades físicas e saudáveis em todo o estado”, destacou.

Modal efetivo
Paulo Litro ressaltou que a utilização da bicicleta como um modal efetivo de transporte exige que o poder público ofereça mais estrutura e segurança para os ciclistas. Dados do Ministério da Saúde apontam que o Paraná, no período entre 2001 a 2017, foi o segundo estado que mais registrou mortes de ciclistas no trânsito, atrás apenas de São Paulo. Foram 2.618 fatalidades, o que representa 10,9% do total.

É fake news
O ex-senador creditou a fake news e a adversários maldosos que espalharam da provável filiação ao Podemos do irmão Alvaro Dias, líder da sigla no Senado. Osmar Dias diz que está contente com sua vida na iniciativa privada e que não pensa, em qualquer hipótese, em voltar à política

Sobrinho de Moro
A sobrinha de 18 anos do ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança) foi vítima de um assalto seguido por sequestro relâmpago em Maringá. Um casal invadiu o carro da moça na zona sul da cidade e após bater contra um barranco em uma estrada de terra, fugiu e deixou a jovem, que não ficou ferida. 

Governadores
Os sete governadores das regiões Sul e Sudeste – Ratinho Junior (PSD-PR), Eduardo Leite (PSDB-RS), Carlos Moispes (PSL-SC), Romeu Zema (Novo-MG), Wilosn Witzel (PSC-RJ), João Doria (PSDB-SP) Renato Casagrande (PSB-ES) – vão se reunir em Foz do Iguaçu nos dias 28 e 29 de fevereiro. Na pauta, políticas públicas integradas para o desenvolvimento das duas regiões que representam 72% do PIB e metade da população nacional.O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, fará uma palestra.

Grupos de trabalho
O encontro terá 15 grupos de trabalho divididos nos seguintes temas: Fazenda e Planejamento; Desenvolvimento Econômico; Agricultura; Turismo; Inovação, Ciência e Tecnologia; Educação, Meio Ambiente e Infraestrutura; Logística e Transporte; Saúde Pública; Segurança Pública, Administração Penitenciária; Gestão e Planejamento; Controle e Transparência e Reforma da Previdência.

Carta de Foz
Ao final do encontro será divulgada a Carta de Foz do Iguaçu reunindo as deliberações dos governadores e dos grupos de trabalho. Os governadores devem reafirmar o apoio às reformas estruturais em âmbito federal e às medidas econômicas essenciais à retomada do crescimento econômico e ao equilíbrio fiscal da União, estados e municípios.

Meta
O Brasil Mais, programa do Ministério da Economia, para melhorar a gestão e a produção das micro e das pequenas empresa pretende atender 200 mil empregadores até 2022. O programa usará metodologias e ferramentas de baixo custo para melhorar a capacidade de gestão e de produção, reduzir desperdício e aprimorar processos, em um cenário de transformação digital. Os setores beneficiados serão a indústria, o comércio e os serviços.

MP do Agro
Relatada por Pedro Lupion (DEM-PR), a Câmara dos Deputados provou a MP do Agro que amplia em R$ 5 bilhões os créditos de financiamento para o agronegócio no Brasil. A MP seguiu para o Senado que tem até 10 de março para aprová-la, senão perderá a validade.  

Prazo
O Ministério Público deu prazo de 72 horas para que três proprietários de imóveis em Maringá, com focos de dengue, providenciam a limpeza das áreas. Na cidade, 1.000 pessoas já ficaram doentes depois de contraírem a doença. Conforme o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde, 1.094 casos eram investigados. No Paraná, 20.563 pessoas ficaram doentes de agosto de 2019 até a primeira semana de fevereiro deste ano.

Isenção
O deputado Luiz Fernando Guerra (PSL) apresentou projeto de lei que prevê a isenção do pagamento da tarifa residencial de abastecimento de água e esgotamento sanitário as unidades consumidoras habitadas por famílias carentes, consideradas em situação de vulnerabilidade social.  

Redação ADI-PR Curitiba  
Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.   
 

 

Alexandre Palmar

Repórter e Editor do H2FOZ e-mail: [email protected] Mais por Alexandre Palmar

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.