ACIFI amplia mobilização pela redução do pedágio e convoca instituições de Foz

Dirigentes de vários setores de Foz do Iguaçu estão unindo forças para engrossar a mobilização regional pela redução do pedágio no Paraná. O objetivo é lançar uma campanha para ampliar o debate sobre as regras da nova concessão das rodovias paranaenses. A proposta foi apresentada em reunião promovida pela ACIFI (Associação Comercial e Empresarial) na segunda-feira, 1º.

Coube ao Programa Oeste em Desenvolvimento (POD) puxar a discussão em torno do modelo que definirá o preço da tarifa dos pedágios e o cronograma de investimentos em obras e melhorias nas vias. O debate mobilizou representantes de entidades da iniciativa privada, bem como da Prefeitura de Foz do Iguaçu, Câmara de Vereadores, Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados.

A sensibilização da sociedade civil organizada, neste primeiro momento, é pela participação de todos na audiência pública que será realizada no sábado, 6, em Foz do Iguaçu, promovida pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Na sexta-feira, 5, o evento acontecerá em Cascavel. Os encontros serão híbridos (presenciais e on-line), transmitidos pelos canais do Legislativo.  

Presidente da ACIFI, Faisal Ismail, e presidente do Conselho Superior, Walter Venson – Foto Divulgação

O coordenador da Câmara Técnica de Infraestrutura e Logística do (POD), Danilo Vendruscolo, explicou que “o grande objetivo da reunião foi levar informações às autoridades e líderes de Foz para que todos tomem consciência do desafio enfrentado. O próximo passo será apresentar mais dados e números impactantes do pedágio na audiência de sábado”.

O amplo debate público envolvendo a população iguaçuense também foi defendido pelo presidente da ACIFI, Faisal Ismail, que destacou os prejuízos para a sociedade caso o modelo de pedágio a ser adotado não garanta expressiva redução da tarifa. “O prejuízo será de todos, em especial da logística e do turismo. É uma luta de todos”, resumiu.

Representatividade – Participaram do encontro, presencial e on-line, o vice-prefeito de Foz, delegado Francisco Sampaio; o deputado estadual Soldado Fruet; o presidente da Câmara Municipal, Ney Patrício; o presidente do Codefoz, Mario Camargo; o presidente do Visit Iguassu, Felipe González; membro da assessoria do deputado federal Vermelho, além de secretários municipais, vereadores e dirigentes de entidades de classe.

Debate mobilizou representantes de entidades da iniciativa privada e poder público – Foto Divulgação

Abaixo-assinado na internet

O Programa Oeste em Desenvolvimento mantém um abaixo-assinado na internet para a adesão da população e de entidades na campanha pela redução do custo das tarifas cobradas nas vias pedagiadas. Todo o cidadão ou dirigente de instituição pode apoiar e repercutir a petição on-line entre seus associados e públicos.

O documento requer redução dos preços de pedágio em pelo menos 50%, a partir do modelo de maior desconto tarifário na nova concessão das estradas. Enfatiza, ainda, a garantia de investimentos imediatos nas rodovias, a fim de melhorar a qualidade do tráfego e evitar acidentes, reivindicando a necessidade de duplicação da BR-277.

Audiência pública da Alep (presencial e virtual)
Data: 6 de fevereiro (sábado), às 9h30
Local: Associação Comercial e Empresarial (ACIFI)

Como assistir?

TV Assembleia
www.facebook.com/assembleialegislativapr/
www.youtube.com/TVSinalAssembleiaPR 


Abaixo-assinado pela redução do pedágio
http://oestedesenvolvimento.com.br/pedagio  

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.