Foz tem terceiro mês consecutivo positivo na geração de empregos: 941 em novembro

O mercado de trabalho de Foz do Iguaçu confirma sinais de recuperação. A cidade registrou saldo positivo de 941 postos de trabalho em novembro, conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta quarta-feira, 23.

Foram 2.779 contratações contra 1.838 desligamentos no mês passado. Os setores com maior saldo foram: serviços (494), comércio (350), construção (70) e indústria (27), de acordo com o órgão da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia.

Este é o terceiro mês consecutivo com saldo positivo, uma vez que setembro e outubro registraram, respectivamente, 215 e 729 novos postos de trabalho. Antes, no auge dos reflexos da pandemia do coronavírus, a cidade contabilizou saldo negativo por sete meses consecutivos (março a agosto).

Para Mario Camargo, presidente do Codefoz (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu), o resultado positivo do Caged em novembro confirma a retomada econômica da cidade. “Estamos colhendo os frutos de muito esforço e união da sociedade”, afirmou.

Camargo refere-se ao Acelera Foz, plano de retomada econômica diante do novo coronavírus e que tem na coordenação estratégica: Codefoz, Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu, prefeitura, Sebrae, POD (Programa Oeste em Desenvolvimento), ACIFI (Associação Comercial e Empresarial) e Comtur (Conselho Municipal de Turismo).

Foz demonstra ter estancado o derretimento do mercado formal de trabalho, mas o desafio agora é recuperar a totalidade dos empregos perdidos. De janeiro a novembro são 20.318 admissões contra 25.115 demissões, resultando num saldo negativo de 4.797 postos de trabalho neste ano.

Alexandre Palmar - H2FOZ

Alexandre Palmar é repórter e editor do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.