Vai pesar no bolso. Gasolina fica 18,8% mais cara, e gás de cozinha sobe 16%

Valores às distribuidoras ficaram 57 dias sem reajuste - Foto: Marcos Labanca

Aumento dos combustíveis nas distribuidoras vale a partir desta sexta; Petrobras atribui reajuste aos efeitos da guerra no mercado internacional.

Não chegou a dois meses – 57 dias precisamente – o curto período sem reajustes no preço da gasolina e diesel. A Petrobras decidiu reajustar o valor dos combustíveis a partir desta sexta-feira, 11. O gás de cozinha também sobe, após 152 dias sem alta.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Os novos preços médios nas distribuidoras representam:

  • gasolina: passa de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro, aumento de 18,8%;
  • diesel: vai de R$ 3,61 a R$ 4,51 por litro, reajuste de 24,9%; e
  • gás de cozinha (GLP): sobe de R$ 3,86 para R$ 4,48 por quilo, o equivalente a R$ 58,21 por botijão de 13kg, alta de 16,1%.

A Petrobras justifica o reajuste devido aos efeitos da guerra Rússia–Ucrânia no preço internacional do petróleo e seus derivados, com implicações em todo o mundo. A companhia afirma que não repassou a “volatilidade do mercado de imediato”, monitorando os preços.

Foram “observados preços em patamares consistentemente elevados”, diz a empresa, o que resultou no reajuste. Ainda, a redução da oferta do petróleo e derivados, pelas restrições à Rússia, requer “uma condição de equilíbrio econômico”, informa a Petrobras.

Isso é para “que os agentes importadores tomem ação imediata e obtenham sucesso na importação de produtos de forma a complementar o suprimento de combustíveis para o Brasil”, expõe. A companhia sustenta que repassou parte da elevação dos preços internacionais e seguirá avaliando o cenário.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.