Temporada 2024 da Liga Nacional de Futsal terá rebaixamento

Quatro equipes serão despromovidas para a Liga de Acesso, cuja primeira edição está agendada para 2025.

Apoie! Siga-nos no Google News

A temporada 2024 da Liga Nacional de Futsal (LNF), a principal competição do país, terá novidade no regulamento. A principal diz respeito à redução no número de equipes para 2025, com quatro dos atuais 24 participantes devendo cair para a Liga de Acesso, que terá sua primeira edição em 2025.

Leia também:
Foz Cataratas Futsal começa preparação para a temporada 2024 – veja o elenco

A definição dos times despromovidos será feita com um ranking que levará em consideração o desempenho na LNF em 2023 e 2024. No ano passado, o Foz Cataratas Futsal, representante de Foz do Iguaçu, terminou na 14.ª colocação geral do campeonato, conquistado pelo Atlântico, do Rio Grande do Sul.

O início da LNF 2024 está marcado para o dia 22 de março. A primeira fase terá 23 rodadas, no sistema de todos contra todos. Os 16 melhores avançarão para as oitavas de final, com jogos de ida e volta até as semifinais. A final, tal como em 2023, será em jogo único, em quadra neutra a ser definida.



A Região Sul do Brasil concentra a maior parte dos times, com destaque para o Paraná, que tem oito representantes: Cascavel, Pato, Marreco, Marechal, Umuarama, Foz Cataratas, Esporte Futuro e Campo Mourão. Santa Catarina tem cinco equipes (Joaçaba, Joinville, Tubarão, São Lourenço e Blumenau), enquanto o Rio Grande do Sul tem três (Assoeva, Atlântico e Carlos Barbosa).

Em São Paulo, Corinthians, Magnus, Taubaté, Santo André Intelli e São José defendem o futsal do estado. Minas Gerais tem a dupla Praia Clube e Minas. Já o Brasília é o único time da Região Centro-Oeste, enquanto as regiões Norte e Nordeste não estarão presentes na nova edição da LNF.

O Foz Cataratas Futsal já foi semifinalista duas vezes. Em 2017, perdeu para o Joinville (que levantaria a taça daquela edição) no tempo extra do segundo jogo. Em 2021, foi eliminado pelo Magnus após empate em 1 a 1 no duelo de ida e derrota por 5 a 1 na partida de volta no interior de São Paulo.

LEIA TAMBÉM