Após denúncia de preso, diretor de granja penitenciária do Paraguai é afastado

A ministra da Justiça prometeu investigar as denúncias e a situação dos presos.

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

A ministra de Justiça do Paraguai, Cecilia Pérez, informou que o diretor da granja penitenciária Ko’ẽ Pyahu, Ángel López, será afastado do cargo e terá início uma investigação, depois que um preso fugiu para denunciar supostos casos de corrupção na prisão, noticia o Última Hora.

Leia: Preso foge de granja penitenciária no Paraguai para denunciar corrupção

“Temos que averiguar a fundo a denúncia. Por agora (o preso), será trasladado à penitenciária de Emboscada. Vamos ter que afastar o diretor e iniciar as investigações”, disse a ministra, em contato com a rádio Monumental 1080 AM.

O preso César Arévalos fugiu da granja penitenciária, localizada atrás da prisão de Tacumbú, dizendo-se “farto” das diversas irregularidades que presenciou, responsabilizando o atual diretor.

A ministra confirmou que é fácil sair da granja, já que só é necessário transpor uma vala e o local não conta com a estrutura de segurança de uma prisão.

Ela disse que só vão para a granja os presos que já cumpriram mais da metade de sua pena e têm boa conduta. E informou, ainda, que será feita uma checagem completa da situação dos internos que estão na granja e será apresentado um relatório à Justiça.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1150 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.