Apreensões da RF superam R$ 690 milhões em 2021; aumento de 51%

Região da Ponte da Amizade, na fronteira do Brasil com o Paraguai - Foto: Divulgação/RFB

Cigarros e eletrônicos estão entre as mercadorias mais retidas pela Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu.

Intensificação da fiscalização, tecnologia e integração com forças de segurança são fatores que levaram a Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu a aumentar em 51% o total de mercadorias e veículos apreendidos durante 2021. Ao todo, foram retirados de circulação mais de R$ 690 milhões em apreensões, boa parte delas vinculada ao contrabando e ao descaminho.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

O aumento das retenções aconteceu apesar da redução do número de servidores da Receita Federal do Brasil (RFB). A quantidade apreendida abrange a circunscrição da alfândega iguaçuense, que destaca a atuação das inspetorias de Guaíra (PR) e de Dionísio Cerqueira (SC) no combate à comercialização ilegal de cigarro.

Quanto à classificação das apreensões:

  • cigarros (inclui os eletrônicos e suas respectivas essências) representaram 64% das retenções em 2021; aumento de 73% em relação ao ano anterior;
  • eletroeletrônicos corresponderam a 12,6% do total retido, sendo a segunda categoria de produtos mais apreendidos ano passado; e
    veículos retirados de circulação em 2021 totalizaram R$ 44,5 milhões; 84% a mais do que no ano anterior.

Para a RFB, o aumento das apreensões, com menos pessoal, foi possível com a adoção de ferramentas tecnológicas como a FronteiraTech e a Muralha Inteligente, que auxiliam os servidores nas fiscalizações. A assessoria do órgão também menciona o apoio de instituições como Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, polícias militares e outras instituições.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.