Argentina proíbe operações com criptomoedas em bancos

Fachada do Banco Central da Argentina, em Buenos Aires. Imagem: Google Street View.

Bancos estão proibidos de oferecer aos clientes transações com ativos digitais que não estejam regulamentados no país.

O Banco Central da República Argentina (BCRA) emitiu, na quinta-feira (5), comunicado no qual proíbe que os bancos ofereçam transações com criptomoedas e outros ativos digitais que ainda não estejam regulamentados no país. No início do mês, dois estabelecimentos (Banco Galicia e Brubank) disponibilizaram o serviço aos clientes.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Conforme o documento, os bancos “não poderão realizar ou facilitar a seus clientes a realização de operações com ativos digitais, incluídos os criptoativos e aqueles cujos rendimentos sejam determinados em função das variações que esses registrem, que não se encontrem regulamentados pela autoridade nacional e autorizados pelo BCRA”.

Ainda segundo o ente regulador argentino, a proibição visa a “mitigar os riscos associados às operações com esses ativos, que poderiam gerar riscos para as pessoas usuárias de serviços financeiros e para o sistema financeiro em seu conjunto”.

O investimento em criptoativos é visto, por muitos argentinos, como alternativa para fugir das perdas geradas pela desvalorização da moeda nacional e pela inflação, que está acima de 50% no acumulado dos últimos 12 meses.

A respeito da proibição, Ariel Sánchez, representante do Banco Galicia, disse ao jornal La Nación que “os clientes que investiram em criptomoedas conosco serão reembolsados e ganharão uma compensação financeira extra”. Já a resposta do Brubank, que atua apenas como banco digital, não foi localizada pelo H2FOZ.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.