Argentina troca carimbos nos passaportes por QR code

Nas fronteiras terrestres, implementação será gradual. Imagem: Guilherme Wojciechowski.

Certificado digital passa a valer já nesta segunda-feira (25) nos portos e aeroportos do país.

Seguindo a tendência de países como Austrália, Coreia do Sul e Nova Zelândia, a Argentina comunicou que aposentará, a partir desta segunda-feira (25), o ato de carimbar passaportes nos procedimentos de entrada e saída do país. O registro será substituído por um certificado 100% digital.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

A implementação vai começar pelos portos e aeroportos, onde é maior o percentual de viajantes que apresentam o passaporte como documento de identificação. Nas fronteiras terrestres, como é o caso da Ponte Tancredo Neves, entre Puerto Iguazú e Foz do Iguaçu, o processo deve ser concluído nos próximos meses.

“A partir de segunda-feira, começamos a fazer uma eliminação progressiva dos carimbos estampados nos passaportes”, confirmou Florencia Carignano, titular da Direção Nacional de Migrações, citada pela agência Télam. “É uma medida de modernização, que está em consonância com o que estão fazendo os países que têm a melhor tecnologia.”

Eduardo Wado de Pedro, ministro do Interior, destacou que a digitalização “agiliza o trâmite no momento de fazer a entrada ou a saída migratória”. Em vídeo publicado nas redes sociais, o titular da pasta enfatizou que o certificado digital “é mais simples, contribui para a ‘despapelização’ do Estado e minimiza os custos”.

Futuramente, novas ações de digitalização serão implantadas pelas autoridades argentinas. “Queremos que a pessoa esteja menos tempo no guichê de Migrações, com menos filas”, afirmou a diretora Carignano, em referência a ferramentas como o preenchimento antecipado de formulários e a instalação de terminais automatizados.

Para que não tenha problemas em comprovar a entrada legal em território argentino, o viajante receberá, por e-mail, um código QR contendo as informações sobre o registro migratório. Outra opção será fazer a consulta na página da Direção Nacional de Migrações, informando dados pessoais e número do passaporte.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.