“Delivery fronteiriço” volta a funcionar em Pedro Juan Caballero

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

A venda por WhatsApp a brasileiros, com entrega em dois pontos da Linha Internacional que separa Pedro Juan Caballero de Ponta Porã (Mato Grosso do Sul), voltou a funcionar depois de alguns ajustes no sistema, ainda em fase experimental.

Para funcionar em definitivo, ainda é preciso uma autorização oficial do Brasil, que por enquanto mantém a posição de que produtos do Paraguai que entram no País são ilegais enquanto as fronteiras não forem reabertas.

De qualquer modo, a intenção do Paraguai é conseguir a aprovação do Brasil para implantar o sistema em outras cidades da fronteira, como Ciudad del Este e Salto del Guairá.

Em Pedro Juan Caballero, o que houve foi excesso de comerciantes paraguaios interessados em fazer chegar pedidos a clientes do Brasil, como informa o jornal ABC Color.

A Câmara de Comércio Pedro Juan Caballero disse que não havia sido dimensionada a procura pelos dois pontos de entrega de mercadorias, por isso foi necessário fazer ajuste.

“Há pequenos empreendedores, que não são associadas da Câmara, que encontraram uma oportunidade para seguir adiante com seus empreendimentos, e estamos felizes de ajudá-los desta maneira”, disse o presidente da Câmara de Comércio, Victor Hugo Barreto.

Ele disse, ainda, que há mais exigências agora, para evitar contágios pelo novo coronavírus, mas “não pretendemos, em nome da reativação da economia, que nossa gente termina adoecendo”.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.