Fiscalização apreende R$ 350 mil em dinheiro na Ponte Tancredo Neves

Dinheiro apreendido na aduana de Puerto Iguazú. Imagem: La Voz de Cataratas.

Cédulas de R$ 100 e R$ 50 estavam em um veículo argentino abordado na aduana de Puerto Iguazú.

Fiscais argentinos apreenderam, em um veículo Fiat Fiorino que trafegava pela pista de saída do país, R$ 350 mil em notas de R$ 100 e R$ 50. A abordagem ocorreu na aduana da Ponte Tancredo Neves, em Puerto Iguazú, fronteira com Foz do Iguaçu, e foi noticiada pelo portal La Voz de Cataratas na tarde de quarta-feira (27).

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

De acordo com a informação, o automóvel era conduzido por um argentino residente na cidade de Eldorado, que não declarou a existência das cédulas ao tentar a travessia para o Brasil. Por lei, quantias acima de US$ 10 mil devem ser comunicadas à Administração Federal de Ingressos Públicos (AFIP), sob pena de confisco do valor excedente.

“Foi apreendida a moeda estrangeira que, presumivelmente, a pessoa tentaria extrair ilegalmente de nosso país, tratando-se de um ilícito de tentativa de evasão de divisas. As notas apreendidas foram postas à disposição da Direção Geral de Aduanas. O automóvel foi retido”, informa o La Voz de Cataratas.

A origem do dinheiro será investigada pelas autoridades argentinas, que podem decretar a perda definitiva, caso não haja comprovação legal.

Curiosamente, um caso similar, também com R$ 350 mil em notas de R$ 100 e R$ 50, foi registrado em janeiro de 2016. Na ocasião, um brasileiro de 56 anos e um argentino de 45 foram parados em Foz do Iguaçu, próximo à Ponte Tancredo Neves, com o dinheiro escondido em uma caixa de som. Os dois foram processados por evasão de divisas.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.