Interpol no Paraguai expulsa brasileiro condenado por tráfico e homicídio

Ponte da Amizade, na fronteira do Brasil e o Paraguai - Foto: DNIT/Arquivo

Policiais federais receberam na Ponte Internacional da Amizade o homem que estava foragido.

Condenado por homicídio e tráfico internacional de drogas, um brasileiro que estava foragido no país vizinho foi entregue pela Interpol no Paraguai às autoridades brasileiras para cumprimento da pena. A ação se deu na aduana da Ponte Internacional da Amizade, na tarde dessa quinta-feira, 10.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

O homem de 43 anos, de Santa Catarina, teve o mandado de prisão expedido pela Vara Criminal de Mafra/SC, em agosto do ano passado, segundo a assessoria da Polícia Federal (PF). Soma-se à condenação o ilícito de “associação criminosa”.

Segundo a corporação, ele “estava foragido do estabelecimento prisional onde cumpria pena e encontrava-se escondido no Paraguai”. Ele foi recapturado e entregue à representação da Interpol em Foz do Iguaçu.

“A transferência de preso é mais uma das diversas ações realizadas entre os órgãos de segurança dos países que integram a tríplice fronteira”, informou a PF. Para o órgão, trata-se de mais uma demonstração da integração entre as polícias fronteiriças.

O homem expulso do Paraguai foi levado para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu. Ele aguardará a definição do local de cumprimento de sua pena pela autoridade judicial.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.