Lado argentino das Cataratas terá casamento nesta quinta (25)

Província de Misiones simplificou a legislação para que turistas estrangeiros possam celebrar a união próximo às quedas-d’água.

Apoie! Siga-nos no Google News

O lado argentino das Cataratas do Iguaçu receberá, nesta quinta-feira (25), o primeiro casamento civil entre turistas estrangeiros, após a legislação local ter sido alterada para permitir que pessoas que estejam apenas de passagem pela província de Misiones possam registrar legalmente a união.

Leia também:
Bairro de Ciudad del Este terá feira de rua no domingo (28)

De acordo com o Ministério do Turismo de Misiones, a proposta vem atraindo o interesse de casais do mundo inteiro, em especial de pessoas do mesmo sexo, uma vez que a lei argentina contempla o matrimônio igualitário.

De fato, o primeiro casal a aderir ao programa é composto por um canadense e um venezuelano, que escolheram as Cataratas do Iguaçu como cenário para a união. O casamento civil no interior do Parque Nacional Iguazú será validado pelo serviço de Registro de Pessoas, órgão oficial da província fronteiriça.

“Estamos vendo os resultados de uma ideia que pensamos lá atrás. Após todas as gestões necessárias, agora podemos promover que qualquer casal estrangeiro, não residente, venha para Misiones se casar legalmente, registrando esse ato e celebrando a união civil em plena interação com a natureza”, destacou José María Arrúa, ministro do Turismo de Misiones, citado pela assessoria.

Estrangeiros interessados no casamento civil em locais como as Cataratas do Iguaçu e outras paisagens da província argentina podem fazer o pedido pela internet enviando um e-mail para deptodespachorpp@gmail.com. O trâmite é simplificado e pode ser concluído em poucos dias.

LEIA TAMBÉM