Prefeitura quer combater motos barulhentas em Ciudad del Este

Polícia Municipal de Trânsito fará a fiscalização do escapamento das motocicletas que circulam pelo lado paraguaio da fronteira.

Apoie! Siga-nos no Google News

A partir do dia 10 de janeiro de 2024, a Polícia Municipal de Trânsito (PMT), de Ciudad del Este, adotará política de “tolerância zero” em relação às motos barulhentas que circulam pelo lado paraguaio da fronteira.

Leia também:
Fiat Uno é flagrado a quase 170km/h pela PRF

Intitulada “CDE Sin Roncadores”, a campanha terá como objetivo fiscalizar o cano de escape das motocicletas. Em caso de modificações proibidas, haverá “apreensão e destruição, além da aplicação das multas correspondentes”.

Comunicado emitido pela prefeitura de Ciudad del Este
Comunicado emitido pela prefeitura de Ciudad del Este

Em paralelo, serão vistoriados itens como o uso obrigatório do capacete, por condutor e passageiro, e os documentos necessários para a circulação, como a habilitação para conduzir motos e a licença para a prestação de serviços de mototáxi ou motofrete.



Tal como em Foz do Iguaçu, o barulho excessivo produzido por algumas motocicletas é tema de queixas constantes da população, principalmente no período noturno.

Em sua defesa, muitos condutores argumentam que modificam o escapamento por segurança, para que, com o maior ruído, os motoristas percebam mais facilmente a aproximação da moto no trânsito.

LEIA TAMBÉM