Operação à noite na fronteira confisca R$ 300 mil em mercadorias do Paraguai

Na Ponte da Amizade, homem foi preso transportando duas pistolas pela passagem fronteiriça, em outra abordagem.

Apoie! Siga-nos no Google News

Em operações noturnas na fronteira, a Receita Federal do Brasil (RFB) apreendeu mercadorias ilegais trazidas do Paraguai. Foram diversas abordagens na BR-277, na região de Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu, quarta e quinta-feira (24 e 25).

LEIA TAMBÉM: Concurso abre 30 vagas com salário a partir de R$ 14 mil na Polícia Científica do Paraná

As ações foram empreendidas após as equipes do órgão perceberem movimentação significativa de veículos na rodovia que conecta Foz do Iguaçu e a fronteira a cidades do Paraná e a outros estados. A RFB apresentou o seguinte balanço:

cinco veículos apreendidos carregados com mercadorias irregulares procedentes do Paraguai;
R$ 300 mil em produtos retidos.



Em uma das fiscalizações, um Fiat Siena, de Londrina, foi interceptado com carga de brinquedos e vinhos argentinos. Os outros quatro veículos transportavam azeite de marca proibida no Brasil, eletrônicos e até material de pesca.

Os bens foram encaminhados para a alfândega em Foz do Iguaçu. Eles “permaneceram retidos, e os condutores foram liberados após os trâmites legais”, informou a RFB. Os envolvidos serão representados ao Ministério Público Federal, acusados de contrabando e descaminho – crimes contra a economia popular.

Armas na fronteira

Na Ponte Internacional da Amizade, os servidores públicos prenderam um homem com duas pistolas, de calibres 12 e .380. Ele é brasileiro e residente no Espírito Santo. A abordagem foi durante a inspeção de pedestres na passagem fronteiriça.

“O homem afirmou que o material era para uso pessoal”, expôs o órgão. As armas estavam dentro de uma mochila. A apreensão ocorreu no âmbito da Operação Fronteira RFB, feita por servidores da Receita e da Força Nacional nessa quinta-feira, 25.

LEIA TAMBÉM