Paseros fazem acordo com Aduana e encerram manifestação em Ciudad del Este

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

Depois de fechar a entrada em Ciudad del Este, numa manifestação para exigir que possam fazer compras em Foz do Iguaçu, os “paseros” fizeram um acordo com a Direção Nacional de Aduanas do Paraguai e liberaram a passagem para os brasileiros.

O protesto não durou muito, mas foi suficiente para provocar uma longa fila de veículos à espera de ingressar no Paraguai.

O Última Hora informou que o administrador de Aduanas de Ciudad del Este, Nelson Fleitas, explicou que todos os paseros passarão a ao regime de Despacho Simplificado de Tráfico Vicinal Fronteiriço.

Ele disse que foi explicado aos paseros quais eram as normativas para atuar nesse regime e quais são os produtos que podem entrar no paraguai.

Lucio Roldán, representante dos paseros, disse que a única coisa que eles querem é trabalhar com tranquilidade, já que desde a abertura da Ponte da Amizade só encontraram dificuldades.

“Desde que abriu a ponte, não pudemos fazer nada. A Aduana é o problema, eles nos tiram as mercadorias, o sistema e lento e perdemos tempo”, disse. “Queremos um sistema mais rápido e poder trabalhar tranquilos”, acrescentou.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.