Polícia do Paraguai aborda mototaxistas no acesso à Ponte da Amizade

Fiscalização, feita por agentes da Polícia Municipal de Trânsito, tem por objetivo coibir a atuação de condutores irregulares.

Apoie! Siga-nos no Google News

Fiscalização, feita por agentes da Polícia Municipal de Trânsito, tem por objetivo coibir a atuação de condutores irregulares.

Atendendo a pedidos de mototaxistas legalmente registrados no Paraguai, a Polícia Municipal de Trânsito (PMT), de Ciudad del Este, deu início, na última quarta-feira (6), a uma nova rodada de fiscalização de motociclistas que trafegam pelas vias de acesso à cabeceira paraguaia da Ponte Internacional da Amizade.

O objetivo do trabalho é coibir a presença de condutores irregulares, como mototaxistas paraguaios cadastrados em outras paradas, e motociclistas brasileiros que transportam cargas ou abordam passageiros no trecho entre a Base Naval e o início da passarela para pedestres, sentido Foz do Iguaçu.

Após diálogo com a Marinha do Paraguai, os agentes da PMT foram autorizados a fazer abordagens na zona primária da Ponte da Amizade, ampliando o raio de ação. Para este sábado (9), dia de maior movimento no comércio fronteiriço, a fiscalização deve ser intensificada, em especial, no período da manhã.

Na semana passada, discrepâncias entre motociclistas geraram protestos nos dois lados da fronteira. Os paraguaios queixavam-se de que colegas de Foz estariam embarcando passageiros ilegalmente em Ciudad del Este. Já os brasileiros denunciavam que multas e apreensões estariam sendo ordenadas de forma abusiva no Paraguai.

Agentes da Polícia Municipal de Trânsito no acesso à Ponte da Amizade. Imagem: Municipalidad de Ciudad del Este
LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.