Polícia paraguaia apreende 2.500 kg de maconha na margem do Lago de Itaipu

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

Uma operação em conjunto da Marinha paraguaia e da Polícia Nacional, com participação de empregados da Diretoria Jurídica e da Superintendência de Segurança da Itaipu Binacional, margem paraguaia, apreendeu 2.500 quilos de maconha prensada, em área preservada da usina, próxima ao reservatório.

Um homem acabou detido. Ele tinha em seu poder um rifle calibre 22. Outros suspeitos conseguiram fugir, ao perceber a chegada da polícia, informou a Itaipu.

A carga de maconha estava preparada para atravessar o Lago de Itaipu até a margem brasileira, onde seria distribuída.

Os agentes que participavam da operação descobriram a droga numa fiscalização de rotina na área, localizada em Puerto Índio, a pouco mais de 100 km de Ciudad del Este. Uma lancha com cinco homens chamou a atenção dos agentes, que tentaram se aproximar. Os ocupantes da embarcação, no entanto, conseguiram escapar, entrando na mata.

Encontrada em acampamentos precários, a droga foi levada à Divisão Antinarcóticos da Polícia Nacional. Um homem foi detido na operação. Fotos Itaipu Binacional Paraguai

Mas, minutos depois, a uns 100 metros do local, os agentes conseguiram deter um homem, em cujo poder foi encontrado um rifle calibre 22. Bem perto dali, foram encontrados os 2.500 quilos de maconha, distribuídos em três acampamentos precários.

Tanto a droga como o suspeito foram colocados à disposição do Departamento Antinarcóticos da Polícia Nacional e do Ministério Público.

A fiscalização nas áreas de preservação de Itaipu foi intensificada, depois de um pedido da direção da usina, para coibir tanto os danos ambientais provocados pelos invasores quanto os crimes de fronteira.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.