Prefeitura fecha loja após denúncia de brasileiro no Paraguai

Turista oriundo de Goiás procurou o Escritório de Defesa do Consumidor para relatar que pagou e não recebeu as mercadorias compradas.

Apoie! Siga-nos no Google News

A Divisão de Fiscalização Tributária da prefeitura de Ciudad del Este ordenou o fechamento de uma loja de eletrônicos, localizada em um dos shoppings do Paseo San Blas – à direita de quem entra no Paraguai pela Ponte da Amizade –, após denúncia protocolada por um brasileiro.

Leia também:
Guia de Segurança para Visitantes em Foz do Iguaçu e Região

De acordo com o jornal ABC Color, o turista, procedente de Goiás, procurou o Escritório de Defesa do Consumidor para relatar que teve problemas ao adquirir o equivalente a R$ 11,3 mil em mercadorias. Na hora da retirada, os responsáveis pela loja teriam entregue produtos diferentes e com menor valor.

O jornal paraguaio cita que o local denunciado, que exibia letreiros de marcas famosas na fachada, não possuía alvará de funcionamento e já tinha sido denunciado, em outras oportunidades, por casos similares de fraudes contra turistas.



O fechamento da loja, pertencente a um comerciante de nacionalidade paraguaia, será por tempo indeterminado. O material distribuído à imprensa pela prefeitura de Ciudad del Este não esclarece se o dinheiro foi devolvido ao turista brasileiro, como costuma ser a prática em intervenções semelhantes.

Em novembro deste ano, foi lançado na internet, para download gratuito, o Guia de Segurança para Visitantes em Foz do Iguaçu e Região, que reúne dicas para evitar fraudes e lista contatos para denunciar situações ocorridas no Brasil, no Paraguai ou na Argentina. Para saber mais sobre o conteúdo, clique aqui.

LEIA TAMBÉM