Queima de maconha em Ciudad del Este desperta suspeitas e brincadeiras nas redes sociais

Na área da Marinha de Ciudad del Este, foram queimados 900 quilos de maconha, apreendidos em vários procedimentos, informou ao vivo o fotoperiodista Óscar Florentin.

A notícia, com a imagem da queima, provocou várias dúvidas entre os internautas que acompanham o fotoperiodista.

A primeira foi em relação ao próprio local da queima, ao lado do mato – em época de seca, seria um risco de incêndio. Além disso, há a questão da contaminação do ar.

Mas o que mais despertou a atenção foi a quantidade, que não parece de fato com o anunciado. “Nem 150 quilos há aí”, disse um internauta, no que outros concordaram.

“Apenas se vê uns quilinhos”, disse outro. Um até brincou com Óscar Florentin: “Óscar está chapadooooo”.

Por fim, mais dois comentários: “Queimam 50 (quilos) e 850 já chegam em São Paulo”
E: “Ninguém queima produtos que valem muito dinheiro”.

Os paraguaios, como se vê, são extremamente críticos, pragmáticos e desconfiados.

E O FORNO?

Também houve quem perguntasse sobre “o forno caro que o (presidente) Marito comprou”, que deveria estar funcionando na região de Assunção para a queima de drogas.

Na verdade, o forno foi inaugurado em agosto de 2018, pelo presidente Horacio Cartes, a um custo de 4 bilhões de guaranis (hoje, cerca de R$ 3,1 milhões).

Este forno, no entanto, apresentou problemas já em fevereiro do ano seguinte, quando foi preciso incinerar 2.199 quilos de cocaína. Como o forno não funcionou, a queima foi “à moda antiga”, isto é, ao ar livre, como noticiaram os jornais paraguaios na época.

Além disso, a capacidade do forno, construído na Argentina, é para a queima de 150 quilos de drogas por hora, a uma temperatura de 1.200 graus. Quer dizer, seriam necessárias várias horas para queimar toda aquela cocaína. E, mesmo, toda a quantidade de maconha queimada hoje em Ciudad del Este.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.