Receita Federal apreende 25 toneladas de alho e cebola na Vila Portes

Produto foi importado irregularmente da Argentina e estava em um depósito; órgão aguarda laudo para definir destinação.

Apoie! Siga-nos no Google News

A Receita Federal do Brasil (RFB) e o setor de vigilância agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizaram grande apreensão de alho e cebola em Foz do Iguaçu. A ação, que contou com o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), foi desenvolvida na noite dessa terça-feira, 11.

Ao todo, foram contabilizados cerca de 700 sacos de cebola e 1.080 entre caixas e sacos de alho, que somam quase 25 toneladas. O produto estava em um depósito na Vila Portes, na região de fronteira, e fora importado de forma irregular da Argentina, diz a RFB.

A mercadoria foi localizada por conta do monitoramento da Receita Federal na Ponte Tancredo Neves, ligação entre Brasil e Argentina. Esse acompanhamento é realizado em caminhões que entram em Foz do Iguaçu com alho e cebola trazidos do país vizinho.

“Os produtos eram encaminhados a um galpão, na Vila Portes, caracterizado como depósito de reciclagem”, relata a RFB. “Nesse local, os produtos eram retirados de sua embalagem original, da Argentina, e ensacados novamente, em embalagens brasileiras, para serem posteriormente revendidos”, prossegue.

O alho e a cebola retidos foram localizados a partir do CNPJ da empresa. Dois funcionários foram identificados e liberados. O produto, encaminhado para a alfândega, passa por laudo de órgão competente, que determinará sua destinação, o que pode incluir doação para organizações sociais de interesse público.

LEIA TAMBÉM
1 comentário
  1. Anônimo Diz

    Correr atrás de bandido tá muito perigoso então melhor apreender alho e cebola kkkkk

Comentários estão fechados.