Público aglomerou. E houve brigas entre frequentadores. Foto captura de tela

Rua gastronômica de Ciudad del Este: sábado, até troca de sopapos

A ideia contribui para que bares e restaurantes possam atrair mais público: fechar ruas ao tráfego e torná-las vias gastronômicas. Nos fins de semana, apenas.

Na crise, comerciantes aplaudiram. Primeiro, foi em Assunção, no início de maio. Sucesso!

Muitos trabalhadores de locais gastronômicos, suspensos por causa da pandemia, foram readmitidos.

Pra atrair o público, telas gigantes transmitem partidas de futebol.

Assunção adotou ruas gastronômicas no início do mês. Houve recontratação de empregados, por bares e restaurantes. Foto Prefeitura de Assunção

Em Ciudad del Este, as vias gastronômicas começaram no fim de semana de 21 e 22. Sucesso!

Tanto que Santa Rita, vizinha de Ciudad del Este, deve também fazer o mesmo.

Por que é positivo? Porque mesas de bares e restaurantes ficam ao ar livre.

Ao ar livre, há menos possibilidade de transmissão do coronavírus.

Mas é fundamental respeitar os protocolos sanitários básicos. O principal, não aglomerar.

ATÉ SOPAPOS

No sábado (29) à noite, a tranquilidade do primeiro final de semana com ruas sem trânsito mudou.

Houve aglomeração, muita gente não usou máscaras e houve até troca de sopapos entre os clientes.

“Um verdadeiro descontrole se produziu ontem (sábado) na avenida Campo Vía, da Área 3 de Ciudad del Este”, noticiou o ABC Color.

Pior: não se viu nenhum policial escalado para fiscalizar as ruas gastronômicas, como critica o jornal Última Hora.

Ao contrário de Assunção. A fiscalização de lá chegou a interditar bares num sábado, que foram proibidos de abrir no domingo.

E isso fez com que houvesse respeito às normas nos outros locais.

Em Assunção, fiscalização existe e é rigorosa. Foto Prefeitura de Assunção

SENATUR APOIA

A Secretaria Nacional de Turismo (Senatur) inclusive vem difundindo a proposta em vários municípios, como Santa Rita, noticiou La Nación.

A Prefeitura de Ciudad del Este havia informado que as ruas gastronômicas seriam fiscalizadas.

Agora, vai ter que se explicar.

Mas a ideia é boa. E pode ajudar um dos setores mais prejudicados pelas medidas de contenção da pandemia.

DO QUE DEPENDE

Os frequentadores têm que ter noção de que depende deles a abertura de vias gastronômicas.

A Prefeitura e os locais beneficiados com a medida devem fiscalizar e agir.

Se não, volta tudo à estaca zero. E uma boa ideia não deixará de ser apenas isso: uma ideia.

Leia abaixo: Ciudad del Este já havia até mesmo ampliado as ruas gastronômicas.

Ciudad del Este fecha mais ruas pra dar espaço à gastronomia

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 994 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.