Bolo de aniversário criado em Foz fica entre os melhores do Brasil em concurso da Nestlé

Bolo Beijo de Moça produzido em Foz do Iguaçu é finalista de concurso nacional da Nestlé. Foto: Divulgação.
Siga a gente no

Receita inventada por confeiteira empreendedora foi a única do Paraná e de Santa Catarina na final nacional disputada na sede da Nestlé, em São Paulo.

A confeiteira e salgadeira de Foz do Iguaçu, Elisabete Angélica Caus Bonczkosviski, a Bety, acaba de voltar de São Paulo com uma das maiores conquistas da carreira: o bolo de aniversário que ela criou para o concurso “O bolo do século”, em comemoração aos 100 anos da Nestlé, ficou entre os oito melhores do Brasil.

“Me senti extremamente vitoriosa e abençoada por esse reconhecimento do meu trabalho”, comemora ela que definiu a conquista como “felicidade em forma de trabalho”.

O bolo “Beijo de Moça” foi um dos escolhidos para representar “O bolo do século” por ser uma das receitas com maior quantidade de produtos Nestlé. O bolo é feito de massa de chocolate e recheado com leite condensado Moça cozido (que se transforma em doce de leite) e creme de leite.

O acabamento, por fora, leva brigadeiro mole e lascas de chocolate. O arremate é com uma camada generosa de leite condensado cozido. Os ingredientes foram preparados na cozinha da empresa criada pela Bety, em Foz do Iguaçu: a Bett´s Empadinhas. Nesse espaço, sempre são testadas novas receitas, num processo contínuo de inovação que começou 32 anos atrás.

As disputas finais do concurso ocorreram no dia 1º de dezembro, na sede da Nestlé, em São Paulo. As receitas foram avaliadas por um júri formado por profissionais renomados: um integrante da escola de culinária Le Cordon Bleu; a proprietária da rede Sodiê Doces, Cleusa Silva; além dos vice-presidentes das marcas Leite Moça, Nestlé Professional e Chocolates Nestlé e dois chefs de Nestlé Professional.

Como finalista, Bety, de 58 anos, ganhou a viagem à capital paulista e pôde levar a filha e parceira de negócios, Franciele Caus Bonczkosviski, 32. Elas estiveram na sede administrativa da Nestlé, conheceram a trajetória da marca, as embalagens históricas e produziram o bolo para o concurso na cozinha da indústria reconhecida como uma das mais tradicionais no ramo de culinária do Brasil e do mundo.

O concurso

A Nestlé lançou o concurso “O bolo do século” para que a população brasileira pudesse ajudar a eleger o bolo mais representativo para a festa em comemoração a um século de fundação da empresa. As inscrições encerraram em agosto e as pessoas já podiam votar na receita favorita pelo site.

Com voto popular, o bolo “Beijo de Moça”, da Bett´s Empadinha, venceu a fase regional (Paraná e Santa Catarina) e seguiu entre os oito classificados para a disputa final, em São Paulo, diante do júri técnico.

O bolo vencedor foi “Nestlé é puro amor”, da chocolateria Beth Chocolates, do Rio de Janeiro. A criadora do bolo do século ganhou R$10 mil em produtos Nestlé Professional, uma placa de honra ao mérito e vai participar de uma websérie especial sobre o concurso.

Para mãe e filha, confeiteiras, salgadeiras e empreendedoras de Foz do Iguaçu, ir tão longe no concurso foi uma surpresa muito estimulante para compartilhar com os moradores de Foz, clientes e colaboradores! “É um sentimento de orgulho não apenas pelo sucesso desse bolo, mas porque isso representa toda a luta que minha mãe teve desde que ficou viúva, aos 33 anos,” reconhece a filha, Franciele. Na época, Bety precisou enfrentar uma crise financeira séria, persistir e criar coragem para empreender.

A Bety

Elisabete Angélica Caus Bonczkosviski, a Bety, nasceu na cidade de Rondinha, no Rio Grande do Sul, onde trabalhou com os pais no hotel e restaurante que pertencia à família. Foi ali que aprendeu a lidar com o público. Na cozinha, via a mãe, uma “cozinheira de mão cheia”, testar com ingredientes e receitas.

Com ela, aprendeu muito do que aplicou nos empreendimentos que abriu anos mais tarde. A primeira investida comercial foi numa padaria, em Curitiba, onde a filha, Franciele, nasceu. Viúva muito jovem, com apenas 33 anos, Bety decidiu se mudar para Foz onde começou a reparar que as empadinhas não estavam entre os salgados preferidos dos convidados, nas festinhas.

Decidiu criar uma massa diferente, que não esfarelasse, sem tanto gosto de gordura, mais macia e mais fácil de comer. Assim surgiu, em 1989, a Bett´s Empadinhas, numa garagem improvisada para funcionar como cozinha.

Atualmente, a empresa utiliza uma tonelada de farinha por mês para a produção de quase 30 sabores de empadinhas (16 sabores salgados e 12 doces), além de outros produtos salgados e doces. São quase 50 opções de bolos para aniversário e mais 10 opções de bolos caseiros para café.

Bety, da empresa Bett´s Empadinha, finalista de concurso nacional, foi convidada pela Nestlé para conhecer a sede da indústria, em São Paulo. (Foto Arquivo Pessoal).

“O bolo ‘Beijo de Moça’ foi escolhido por nossas colaboradoras e clientes, fizemos provas e degustação e tínhamos muita esperança de que a população brasileira também iria aprovar”, conta Bety.

A fábrica e duas lojas físicas da “Bett’s Empadinhas” – uma delas franquia – ficam em Foz do Iguaçu (Oeste do Paraná), há uma franquia em Medianeira (PR) e as empadas também são distribuídas para cafeterias de outras cidades do estado, como Cascavel, Umuarama, Maringá, Guarapuava e, também, em Cidade do Leste, no Paraguai.

As empadas podem ser saboreadas nas lojas físicas e por meio de serviço de delivery. Estar entre os finalistas do concurso da Nestlé consolida a empresa já famosa pela produção de empadas também na fabricação de doces e bolos.

SERVIÇO
Bett’s Empadinhas

Instagram: @bettsempadinhasoficial
Facebook: Bett’s Empadinhas
(45) 99969-8000

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Assessoria

Este texto é de responsabilidade de assessoria da imprensa institucional e/ou empresarial. Veja mais conteúdo do autor.

-->