Censo no Paraná: 34% da população se autodeclara preta ou parda

Estado tem a cidade com a maior proporção de população amarela do país; definição de raça e cor pelo IBGE é por autodeclaração.

Apoie! Siga-nos no Google News

O percentual de paranaenses autodeclarados pessoas pretas e pardas é de 34,3%, conforme o Censo 2022, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2010, esse índice era de 28,3%. O indicador representa que houve crescimento dessa população ou avanço na consciência racial – percepção da pessoa sobre si.

LEIA TAMBÉM:
Censo: pelo menos 500 indígenas vivem em Foz do Iguaçu
Estudantes indígenas recebem diploma de graduação na Unila
Mãe e filho indígenas têm reencontro em Foz do Iguaçu
Paraná tem 30.460 indígenas em 345 cidades

Pela estatística, o Paraná é formado pela seguinte população:

  • 64,6%: brancos;
  • 30,1%: pardos;
  • 4,2%: pretos:
  • 0,9%: amarelos:
  • 0,2% indígenas.

No Censo do IBGE, a definição de raça e cor é feita por meio de autodeclaração, explica a Agência Estadual de Notícias (AEN). “Os entrevistados dizem ao entrevistador se eles se consideram brancos, pretos, pardos, amarelos ou indígenas”, expõe o órgão informativo oficial do estado.



O instituto agrupa as pessoas em cinco categorias: branca, preta, amarela (de origem oriental), parda (inclui quem se identifica com a mistura de duas ou mais cores, exceto amarela) e indígena. “É uma percepção que a pessoa tem dela mesma”, explica o pesquisador do IBGE, Leonardo Athias. É empregado o conceito de raça como categoria socialmente construída na interação social e não como conceito biológico, explica o órgão.

LEIA TAMBÉM: Dia da Consciência Negra passa a ser feriado nacional

Censo no Paraná

A contagem censitária, com efeito, aponta que de uma população total de 11,44 milhões de pessoas, o Paraná tem 7,38 milhões de moradores que se declaram brancos, 3,44 milhões pardos, 485 mil pessoas pretas, 100 mil amarelas e 28 mil indígenas. Os dados sugerem aumento nos números absolutos, exceto entre as pessoas autodeclaradas amarelas.

Fica no Paraná o município que tem a maior proporção de pessoas que se declararam amarelas: Assaí, 11,5%, registra o Censo. E o estado “mantém a segunda maior população absoluta e proporcional desta cor em todo o país”, apesar da retração em números absolutos, assevera a AEN.

Paraná e os estados do Sul

Na comparação com os estados do Sul do Brasil, o Paraná é o que tem a maior proporção de pardos e de amarelos. Enquanto 30,1% dos residentes do Paraná se declaram pardos, em Santa Catarina são 19,2% e no Rio Grande do Sul são 14,7%. Quanto às pessoas amarelas, 0,9% dos paranaenses que se declaram desta forma, ante 0,2% em Santa Catarina e 0,1% no Rio Grande do Sul.

LEIA TAMBÉM