Foz vai ganhar casa de apoio e reabilitação para mulheres 

A Casa de Apoio Recomeçar vai começar a funcionar na próxima segunda-feira, 27 de julho, em Foz do Iguaçu. Depois de anos trabalhando em alguns projetos que atendiam pessoas em situação de dependência, surgiu o desejo em uma das coordenadoras de abrir um local para atender mulheres que estão em situação de rua com dependência química, ou seja, encaminhá-las a um órgão público ou familiar, e proporcionar a elas um novo recomeço.

A instituição tem a capacidade para atender 20 pessoas e o público alvo será mulher em situação de dependência química com: crack, maconha, cocaína, alcoolismo, com idade de 18 a 60 anos. O objetivo é oferecer apoio, recuperação e reabilitação para mulheres em situação de dependência química. Reconstruir e fortalecer os vínculos familiares que em sua maioria encontram-se rompidos, promover sua autoestima, capacita-lás para o mercado de trabalho e promover sua reinserção social.

Serão ofertados a essas mulheres atendimento social individual e familiar; atendimento psicológico individual e familiar; terapias em grupo, terapias ocupacionais; artesanatos; atividades de esporte e lazer. Será trabalhado a reinserção social e familiar. Ainda, serão aplicados cursos de capacitação profissional: panificação, confeitaria, cursos de estética, maquiagem profissional, designer de sobrancelhas, extensão de cílios, massagem modeladora, spa facial, cabeleireira e manicure.

No momento, o projeto está sendo custeado por alguns voluntários, por meio de doações, e ações beneficentes.  A população poderá contribuir financeiramente a partir do dia 3 de agosto, na conta bancária que será divulgada nas redes sociais da instituição, ou diretamente na casa de apoio feminina, que está localizada na Rua Geraldo José de Almeida, n° 373, bairro Morumbi I. E para a população ter acesso aos atendimentos, basta entrar em contato via telefone ou agendar um horário para conhecer a casa. 

Tempo de permanência será de nove meses, em modelo de residência – foto Divulgação

O processo de atendimento das residentes e de permanência será de nove meses em modelo de residência, a partir do cumprimento desse período, as mulheres serão reinseridas as suas famílias e terão acompanhamento psicossocial domiciliar por quatro meses, que é fundamental na prevenção para não acontecer uma recaída. 

A diretoria da instituição é composta por presidente, vice-presidente, secretário, tesoureiro e conselho fiscal. As atividades serão desenvolvidas por uma equipe multidisciplinar composta por assistente social, psicóloga, coordenadora, profissional de educação física, professora de estética, professor de panificação e confeitaria. 

Apresentação da casa 

Neste domingo, dia 26 de julho, às 9hs da manhã vai ter um café da manhã para uma pré-inauguração a todos que estão envolvidos neste projeto com a presença de algumas pessoas, e imprensa, respeitando as normas do decreto municipal. 

Casa de Apoio Recomeçar
Rua Geraldo José de Almeida, n° 373 – Morumbi I     
Telefones: (45) 99115-2600 
WhatsApp: (45) 99923-7973

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.