Itaipu Binacional sediará reunião global sobre energia limpa em 2024

Encontro da Clean Energy Ministerial (CEM) e da Mission Innovation (MI) será pela primeira vez no Brasil, nas instalações da usina em Foz do Iguaçu.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Brasil receberá pela primeira vez, em 2024, a reunião global de ministros das iniciativas Clean Energy Ministerial (CEM) e Mission Innovation (MI), focadas em energia limpa e inovação. A usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu, será a sede do encontro, conforme definido, na semana passada, durante evento no Rio de Janeiro.

Leia também:
Itaipu: conheça os quatro novos diretores nomeados por Lula na binacional

“Itaipu é símbolo de colaboração internacional, símbolo de geração de energia elétrica limpa e símbolo do desenvolvimento regional integrado ao processo de geração de energia”, afirmou o secretário de Planejamento e Transição Energética do Ministério de Minas e Energia (MME), Thiago Barral, citado pela assessoria da binacional.

“Vamos ter a oportunidade de conhecer in loco a experiência da Itaipu, que pode servir de modelo para os outros países, seja na hidreletricidade, seja no investimento em outras fontes”, destacou Barral, referenciando que quase metade da matriz energética brasileira, 48,4%, é composta por fontes consideradas limpas, contra 15% da média mundial.

A importância de Itaipu nas áreas de colaboração internacional e produção de energia renovável foi destacada durante a reunião de altos oficiais da CEM e da MI, realizada no Rio de Janeiro entre os dias 20 e 22 de março. O encontro teve como pauta a preparação do evento de 2023, que acontecerá em julho, na ex-colônia portuguesa de Goa, na Índia.

Com 25 países-membros, a Clean Energy Ministerial é um fórum global de alto nível voltado para a promoção de políticas e programas que estimulem a adoção de tecnologias de energia limpa, o compartilhamento de lições aprendidas e melhores práticas e o incentivo à transição para uma economia global de baixo carbono.

Já a Mission Innovation, com 22 membros e participação de parceiros públicos e privados, contempla esforços globais de aceleração do desenvolvimento e adoção de inovações tecnológicas e regulatórias em energia de baixo carbono, por meio de políticas de pesquisa, desenvolvimento e demonstração.

LEIA TAMBÉM
2 Comentários
  1. […] Leia também:Itaipu Binacional sediará reunião global sobre energia limpa em 2024 […]

  2. […] Leia também:Itaipu Binacional sediará reunião global sobre energia limpa em 2024 […]

Comentários estão fechados.