Quando vai chover nesta terra esturricada? Veja qual é a previsão unânime e confiável

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

Deu um nó na cabeça dos meteorologistas. Neste clima de verão, com secura de inverno, fica cada vez mais difícil saber o que o tempo vai aprontar.

No que todos concordam é que o calor vai continuar a perder de vista. Provavelmente, a gente nem vai sentir mudanças quando chegar o verão. A  não ser que ele venha proporcional à primavera, isto é, se agora está quente, no verão vai ferver.

Mas, afinal, o que dizem os meteorologistas sobre a cena cada vez mais rara, a de chuva? Há controvérsias.

Na quarta, 21, choveu. Muitos iguaçuenses nem viram, porque foi rápida e localizada. Mas devem ter ouvido os trovões. Até havia alguns serviços meteorológicos que previam essa chuva, mas não havia unanimidade.

Aqui, fazemos sempre consulta a cinco serviços e apostamos que vai acontecer o previsto quando os cinco coincidem. E que coincidências temos pela frente?

Vem chuva forte na segunda-feira, 26. Nisso coincidem Simepar, CPTEC/Inpe, Inmet, Climatempo e AccuWeather.

O AccuWeather fala em “algumas trovoadas fortes”, querendo dizer temporais (abaixo comentamos a linguagem deste serviço); o Climatempo, em “tempo severo, com chuva forte e trovoada de manhã, à tarde e à noite”; o CPTEC/Inpe anuncia “chuvas periódicas”; para o Inmet, serão “pancadas de chuva e trovoadas isoladas”; e o Simepar diz que a quantidade de chuva será de 42,9 milímetros. Põe chuva nisso!

Se confirmada a chuvarada, vai compensar um pouco a escassez verificada até agora, em outubro. As precipitações acumuladas no mês não passam de 30% do total verificado historicamente neste mês. O pior é que, este ano, a falta de chuvas de outubro prolonga uma estiagem que já vem de meses…

Há serviços de meteorologia que preveem chuva até antes de segunda-feira. Para o Climtempo, haverá pancadas de chuva na tarde e noite de sábado, 24. O Simepar fala em chuva (apenas 1,1 milímetro) no domingo, 25. Já o CPTEC/Inpe antecipa as pancadas de chuva já pra esta sexta-feira, 23.

Pode, de fato, até chover antes de segunda-feira. Mas certamente será igual à chuva de quarta-feira, tão veloz que quase ninguém viu ou sentiu.

Fiquemos sempre com a unanimidade. Vem chuva – e das boas! – na segunda-feira, 26.

Segue o calorão

Quanto às temperaturas, nenhuma surpresa: beirando os 35 graus até domingo. E uma leve queda na segunda-feira, por causa da chuva.

Mas sem unanimidade: o Simepar, por exemplo, prevê 35 graus na segunda e um leve refresco na terça, quando a temperatura baixa para 28 graus.

Sol forte já no amanhecer desta quinta-feira. Foto Patrícia Iunovich

Português de Portugal

O site do AccuWeather utiliza o português de Portugal para anunciar como fica o tempo. Pra dia ensolarado, a previsão é “soalheiro”. Quando alterna com nuvens, vira “maioritariamente soalheiro ou parcialmente soalheiro” (note que é maioritariamente, não majoritariamente, como nos acostumamos por aqui).

Também não usa “temporais”. São sempre “trovoadas fortes”, “aguaceiro” ou os dois juntos: “aguaceiros e trovoadas”. Chuva leve é “chuva ligeira”. Pra tempo bom, é “sol radiante”, “soalheiro” ou “nuvens e sol”.

Nada que a gente não consiga entender. Mas é curioso. A propósito, você não é obrigado a ver a versão portuguesa das previsões. Existe a opção de mudar para o português do Brasil. E muda tudo: ensolarado, predominantemente claro, sol entre nuvens, etc.

E, ao invés de “algumas trovoadas fortes” para a segunda-feira, a coisa fica mais feia: “algumas tempestades intensas”.

 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.