Comunidade promove 21.ª Semana Cultural Indígena Guarani

Atividades seguem até quinta-feira (13), no Colégio Estadual Indígena Teko Ñeimongo, em São Miguel do Iguaçu.

Apoie! Siga-nos no Google News

Foi aberta nessa terça-feira (11), na aldeia Tekoha Ocoy, em São Miguel do Iguaçu, a 21.ª Semana Cultural Indígena Guarani, com atividades até quinta-feira (13), no Colégio Estadual Indígena Teko Ñeimongo. A entrada para acompanhar a programação, que inclui exposição e apresentações culturais, custa R$ 5 por pessoa.

Leia também:
Instituto indígena da fronteira recebe reconhecimento internacional

A cerimônia de abertura contou com a participação de representantes de Itaipu Binacional, cujo Programa de Sustentabilidade Indígena destina recursos para projetos na comunidade; e de instituições da região, como a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila).

Aldeia Tekoha Ocoy fica em terras vizinhas ao lago de Itaipu. Imagem: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional
Aldeia Tekoha Ocoy fica em terras vizinhas ao lago de Itaipu. Imagem: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional

A grade de atividades da semana envolve apresentações de corais, danças e músicas tradicionais, exposições sobre os saberes em áreas como plantas medicinais, espaços para intercâmbios culturais e venda de artesanato produzido pelos grupos de cultura avá-guarani que vivem no Oeste do Paraná.

Em declarações reproduzidas pela assessoria de Itaipu, Celso Japoty Alves, cacique da aldeia, destacou a importância da união entre as comunidades. “Precisamos de apoio, mas somos capazes de defender nosso povo, nossos interesses”, afirmou. “Nosso povo é um só, somos todos guaranis.”

Já a diretora do Colégio Teko Ñeimongo, Marli Takua Poty Ju Alves, ressaltou que o objetivo da semana é receber a visita de pessoas de fora da comunidade, para mostrar a riqueza da cultura guarani. Os contatos para o agendamento de grupos ou para obtenção de informações são o (45) 99802-6602 (Marli) e o (45) 99965-9090 (Delia Martines).

Na próxima semana, será a vez da comunidade indígena de Diamante d'Oeste promover atividades. Imagem: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional
Na próxima semana, será a vez da comunidade indígena de Diamante d’Oeste promover atividades. Imagem: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional
LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.