Foz integra protestos nacionais contra o Governo Bolsonaro

Mobilização nesse sábado cobrou vacinação, aumento do valor do Auxílio Emergencial e o fim dos cortes de recursos para a educação pública. Assista ao vídeo. 

Foz do Iguaçu integrou a agenda de protestos pela retirada de Jair Bolsonaro (sem partido) da Presidência da República, que ocorreram em várias cidades do país nesse sábado, 29. A atividade contou com ato público na Praça da Paz e caminhada por avenidas centrais.

Assista ao vídeo:

Os participantes da mobilização, organizada pela Unidade Sindical e Popular, distribuíram máscaras de proteção contra a covid-19 para a população. Um informativo entregue na área comercial enumera as reivindicações e responsabiliza Bolsonaro pelas mais de 450 mil mortes decorrentes da infecção provocada pelo novo coronavírus.

Segundo a organização, é preciso retirar o presidente do cargo para ser possível a implementação de políticas de enfrentamento da pandemia. O movimento exige agilidade na vacinação de toda a população brasileira, aumento do valor do Auxílio Emergencial e fim dos cortes orçamentários na educação.

Presidente da APP-Sindicato/Foz, Diego Valdez reforçou a necessidade de empregos, renda emergencial digna e a garantia de orçamento paro o ensino público. “Convocamos toda a sociedade a seguir mobilizada até a queda desse governo que não atende às necessidades de brasileiras e brasileiros”, sublinhou.

Representantes de entidades falaram ao microfone as pautas do movimento – Foto: Marcos Labanca

“Estou aqui pela importância de participar de um ato nacional a favor das vacinas e dizendo não ao corte de verbas para as universidades federais e à educação”, relatou a estudante Ellen Queiroz. Ela completou dizendo que há muitos retrocessos acontecendo no país, por isso a necessidade de protestar.

Representante do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Superior do Oeste do Paraná (Sinteoeste), Tamara Cardoso André enfatizou que os protestos cobram o impeachment. “É uma luta nacional contra Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão, e todo o governo. Eles precisam sair do poder”, apontou a professora.

A Unidade Sindical e Popular de Foz do Iguaçu, promotora do ato contra o Governo Bolsonaro, é um colegiado de sindicatos, movimentos sociais e populares e entidades estudantis.

A favor de Bolsonaro

No último dia 1º de maio, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro realizaram carreata em defesa do governo, com centenas de veículos. Após concentração no Gramadão da Vila A, o movimento seguiu para centro de Foz do Iguaçu. Durante a mobilização, foram arrecadados alimentos para a população mais vulnerável.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.