Gincana contra a dengue terá 22 entidades participantes em Foz do Iguaçu

Atividade é promovida por Itaipu Binacional e parceiros; no total, R$ 300 mil em prêmios serão distribuídos aos primeiros colocados.

Apoie! Siga-nos no Google News

Promovida por Itaipu Binacional, Grupo de Trabalho Itaipu Saúde (GT Saúde) e Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), a segunda edição da Gincana Criança Amiga da Saúde, de combate à dengue, terá 22 entidades participantes.

Leia também:
Dengue se aproxima de 7 mil casos confirmados em Foz do Iguaçu

Puderam inscrever-se instituições que desenvolvem projetos sociais com crianças de 8 a 11 anos de idade em Foz do Iguaçu. No ano passado, a atividade envolveu apenas escolas da rede municipal.

De acordo com Itaipu, daqui até o fim do ano, os participantes farão ações de conscientização e engajamento da comunidade, contribuindo para resolver problemas como os focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

As dez entidades que desenvolverem as melhores iniciativas, dentro dos temas propostos na cartilha da gincana, dividirão a premiação de R$ 300 mil, com valores de até R$ 50 mil, a depender da posição obtida.

De acordo com Itaipu, estão inscritas a Associação Fraternidade Aliança (AFA), Associação Um Chute Para o Futuro, Associação Caminho do Céu-Casa de Apoio e Resgate (Acarvi), Associação Mãos Para Servir, Instituto Judofoz, Instituto dos Diabéticos de Foz do Iguaçu (Instituto Adifi), Maestro Esporte Clube, Conselho Comunitário da Vila C, Projeto Velejar é Preciso e Associação Viva Bia, mantenedora da Escola Alternativa.

Também participam a Associação Rainha da Paz, Liga Iguaçuense de Footgolf, Associação de Moradores do Ouro Verde (AMOV), Projeto Anjo Gabriel, Associação de Basquetebol de Foz do Iguaçu (Abasfi), Associação Casa Família Maria Porta do Céu, Associação Cristã de Deficientes Físicos de Foz do Iguaçu, Projeto Maradona Brasileiro, Sociedade Civil Nossa Senhora Aparecida (CAIA), Associação de Capoeira Pedagógica (Acape), Cidade Nova Informa e Escola Melvin Jones (APAE).

Foz do Iguaçu já registrou, no atual ano epidemiológico (iniciado no final de julho de 2023), 24.736 notificações de casos suspeitos de dengue, com 6.814 confirmações e uma morte provocada pela doença.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.