Do voo da borboleta nas Cataratas às passarelas do México de cadeira de roda

Uma borboleta risca o campo de visão de Ana, enquanto ela olha perplexa as águas deslizando sobre as rochas.

Apoie! Siga-nos no Google News

“Sou apaixonada pelas Cataratas e tenho uma relação de cumplicidade com a cadeira de rodas; tudo isso faz parte de mim.”

*Por Wemerson Augusto / Leituras poéticas entremundos e da passarela do mundo

Uma borboleta risca o campo de visão de Ana, enquanto ela olha perplexa as águas deslizando sobre as rochas. Com sua cadeira de rodas acomodada em um dos mirantes da Passarela das Cataratas, a mobilidade e a alegria do voo da borboleta parecem roubar a atenção de Ana Paula de Oliveira, 42, paraplégica desde os 17 anos, após tomar um tiro ao reagir a uma tentativa de estupro em São Paulo.

Como se o tempo tivesse parado, Ana foca seu olhar na borboleta, que a acompanha. Ora na linha do olhar, ora nas mãos de Ana, a borboleta ganha um registro na galeria de fotografias da viagem. “É uma foto colorida. Estou com uma borboletinha na mão, estou com capa de chuva e a máscara de lado sorrindo. Estou sentada na minha cadeira de rodas.”

Imersa no local e sentindo as gotículas de água banhando o corpo, Ana comenta que a primeira atividade do dia ao acordar é agradecer por ter os olhos abertos, poder ver tudo que vê, sentir e estar viva, levando uma vida intensa. “Me sinto beijada pela natureza com cada gota de água, cada animalzinho que cruza o nosso caminho no parque, cada borboleta que pousa em minhas mãos.”

A vida vivida –Penso que a vida tem que ser vivida com amor, e nós temos que deixar nossa marca para melhorar o mundo para todos. Os desafios movem a minha vida. Faço tudo sozinha. E agora eu quero mais um desafio para a minha vida. Decidi que eu vou participar do Miss Mundo Cadeirante 2022, na cidade de Tijuana, no México. Já fui selecionada e agora estou me preparando, buscando doações para poder participar deste concurso, que é algo muito simbólico para mim.”

Ana será a única brasileira participante do Miss Mundo Cadeirante 2022, concurso organizado por uma ONG polonesa. A organização do evento concede hospedagem e alimentação para as participantes, porém Ana precisa angariar recursos para comprar as passagens aéreas de ida e volta para o México, para ela e sua acompanhante, que irá auxiliá-la na preparação ao mundial.

Ana é amante da natureza, das pessoas e da vida. Se você puder e quiser ajudá-la a concretizar esse sonho, é possível fazer isso de duas maneiras: colaborar pelo site Vaquinha ou por Pix.

Pix
Ana Paula de Oliveira
Chave pix : anaoliveira831@hotmail.com

Vaquinha virtual
Me ajude a ir representar o Brasil no Miss cadeirante: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-a-ana-a-chegar-ao-miss-mundo-para-representar-o-brasil

Informações e rede social da Ana Paula de Oliveira, a Ana Kafray:
@elafazamissdela

(Texto publicado originalmente no site Leituras poéticas entremundos e da passarela do mundo: https://wemerson.org/)

LEIA TAMBÉM
1 comentário
  1. […] Do voo da borboleta nas Cataratas às passarelas do México de cadeira de roda […]

Comentários estão fechados.