Turismo de Itaipu supera 2020 e atende 281,4 mil visitantes em 2021

Atualmente, Complexo Turístico Itaipu, que opera o serviço de visitação, oferece três passeios na usina - Foto: Kiko Seirich

Número é 22% maior em relação ao ano anterior, confirmando a retomada da movimentação turística em Foz do Iguaçu.

Em um ano marcado pela pandemia, mas também pela superação e muito trabalho em decorrência dos esforços do governo brasileiro para o avanço da vacinação em todo o território nacional, o que garantiu a Foz do Iguaçu o status de destino internacional de viagem seguro, o turismo da margem brasileira da usina de Itaipu recebeu 285.401 visitantes em 2021.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

O número em relação ao ano anterior é 22,2% maior e 56,5% inferior ao de 2019, antes do assombro da covid-19 em massa, o que demonstra franca recuperação do setor, otimismo e segurança tanto aos profissionais da área quanto para os visitantes e moradores de Foz e região que apreciaram os atrativos da usina com grande público, mantendo todas as medidas de segurança para a visitação.

Dos visitantes, 281.215 são brasileiros, a maioria proveniente dos estados do Paraná, com 131.288 pessoas; São Paulo, com 73.787 visitantes; e Santa Catarina, 17.232. O turismo nacional movimentou 28,24% a mais que 2020 e 53,44% em relação a 2019. Já os estrangeiros, com a abertura das fronteiras, representaram 1,47% visitantes.

Moradores dos municípios lindeiros ao reservatório ao Lago de Itaipu, que contam com o benefício da isenção de pagamento de ingressos, somaram 30.695 moradores da região. Muitos integram o Programa Foz Conhecendo Foz da Prefeitura, que levou 1.260 pessoas ao atrativo.

Essa e outras experiências vividas por eles nas Cataratas do Iguaçu, Itaipu Binacional e Marco das Três Fronteiras encantaram os moradores e ajudaram a manter o emprego de mais de 350 profissionais da cidade. Foram mais de 5 mil moradores circulando pelas atrações da cidade dentro dessa iniciativa.

Passeios oferecidos

Atualmente, o Complexo Turístico Itaipu, que opera o serviço de visitação, oferece três passeios na usina: a Itaipu Panorâmica, que recebeu o maior número de turistas em 2021, com 213.838 visitantes, seguido do Refúgio Biológico Bela Vista e a Itaipu Iluminada, que retornou em outubro.

Já o Ecomuseu ficou em funcionamento até 15 de outubro, quando fechou para uma ampla reforma para dar maior comodidade aos moradores e turistas. A previsão de reabertura ao público é em agosto de 2022. Os projetos incluem um espaço ainda mais atrativo para todas as idades. São várias as novidades: nova fachada, nova entrada de visitantes, construção de prédio anexo para exposições e ações educativas, loja de suvenires, bistrô com produtos regionais e um auditório para 150 pessoas.

Novidades

O prédio atual do Ecomuseu também passará por reformas estruturais, com adequações para acessibilidade, modernização de banheiros e guarda-volumes. Outro destaque será o Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho, que deixará o Parque Tecnológico Itaipu (PTI), onde está instalado atualmente. No novo Ecomuseu, o atrativo vai ganhar sala de projeção e um telescópio novo e mais potente.

Itinerante

Enquanto isso, no Centro de Recepção de Visitantes a exposição “Ecomuseu Itinerante” deve permanecer no local até o término das reformas. Ali, os visitantes podem ver algumas peças que, normalmente, estariam expostas no Ecomuseu. Não há cobrança de entrada para visitar o acervo.

Um novo CTI

“Aproveitamos o período de menor movimentação para promover reformas e melhorias que vão proporcionar uma experiência ainda mais inesquecível aos turistas e visitantes que moram em Foz do Iguaçu e região”, disse Yuri Benites, Gerente Geral do CTI. Entre as adequações, estão a entrega da reforma do Mirante do Vertedouro e o início da reforma do Mirante Central, um dos principais pontos no circuito turístico da usina.

A revitalização atende a uma demanda da Assessoria de Turismo da Itaipu, que também está trabalhando em outras opções de passeio que complementarão o circuito turístico Itaipu em 2022. Um deles é o Itaipu Histórica, que vai percorrer um trecho entre o novo Mercado Público, em obras, e passar pelas vilas A, B e C para contar como foi o período da construção, contextualizando com a história de Foz do Iguaçu.

“É uma forma de homenagear os milhares de barrageiros que ergueram a usina e deixaram como legado para o Brasil e o Paraguai a maior hidrelétrica em produção de energia limpa e renovável do planeta”, diz o diretor-geral brasileiro, general João Francisco Ferreira. E complementa: “E também de preservar a história da fronteira, algo muito importante para essas e as próximas gerações”. A ideia do Itaipu Histórica é da Comunicação Social e do Turismo de Itaipu.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Assessoria

Este texto é de responsabilidade de assessoria da imprensa institucional e/ou empresarial. Veja mais conteúdo do autor.